Nossa Senhora de Banneux

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nossa Senhora de Banneaux
Banneux Maagd der armen.jpg
A imagem e fonte da Virgem dos Pobres no local das aparições marianas de Banneux, na Bélgica.
Virgem dos Pobres
Venerada pela Igreja Católica
Principal igreja Santuário de Banneux
Atribuições Aparições de Banneux
Gold Christian Cross no Red.svg Portal do Cristianismo


Nossa Senhora de Banneux, também conhecida como Virgem dos Pobres ou Nossa Senhora dos Pobres, é uma das designações atribuídas à Santíssima Virgem Maria após as aparições que ocorreram na década de 1930 a Mariette Beco, na localidade de Banneux, na Bélgica[1] .

Historia das aparições[editar | editar código-fonte]

Mariette Beco, nativa de Banneux, contou que na década de 1930 presenciou oito aparições da Virgem Maria, entre os dias 15 de Janeiro de 1933 e 2 de março do mesmo ano. A criança disse ter visto uma senhora vestida de branco, que declarou ser a Virgem dos Pobres e disse-lhe:

Acredita em mim, que Eu acreditarei em ti.

Em uma das visões, a Virgem Maria pediu a Marriette para que tomasse água de uma pequena fonte e depois declarou que a fonte curaria os enfermos.

Depois das aparições, muito peregrinos começaram a frequentar o local. Atualmente, brotam ao redor da fonte, cerca de 2,000 galões de água ao dia, e são reportados numerosos caso de cura milagrosa.

Depois das aparições, Mariette Beco dedicou sua vida a sua família. Uma pequena capela foi erguida no local indicado pela virgem.

Reconhecimento das aparições[editar | editar código-fonte]

Estas aparições da Virgem Maria foram sujeitas a investigações oficiais por parte da Igreja católica durante os anos de 1935 a 1937. Foi formada uma Comissão Episcopal e as evidências foram levadas ao Vaticano para uma análise rigorosa. Em Maio de 1942, o bispo Kerkhofs de Liège anunciou a aprovação das aparições. Uma aprovação preliminar foi dada em 1947 pela Santa Sé; a mesma aprovação foi declarada como definitiva em 1949.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]