Nossa Senhora do Montserrat

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Nossa Senhora do Montserrat é a padroeira e registra na história de Santos, um episódio marcante.

História[editar | editar código-fonte]

As atenções para a Santa foram evidenciadas em 1614, quando soldados holandeses invasores estavam subindo o morro de São Jerônimo em direção a capela, construída em homenagem à Santa, onde o povo da cidade refugiava-se em oração a Virgem, quando ocorreu um desmoronamento que acabou por soterrar os atacantes e induziu os invasores a abandonarem a Cidade.

O fato motivou, em 1954, uma deliberação da Câmara Municipal, que declarou Nossa Senhora do Monte Serrat a padroeira oficial da Cidade, promovendo a coroação da Santa no dia 08 de setembro de 1955.

Nossa Senhora do Monte Serrat é também a Padroeira da cidade de Salto, no interior de São Paulo, onde há um monumento em homenagem a Santa. Trata-se do 2º maior monumento religioso do Brasil atrás apenas do Cristo Redentor e o maior do mundo em homenagem a Virgem Maria, também é padroeira da cidade de Santos neste mesmo estado.

Ela também é padroeira da Igreja de Nossa Senhora do Monte Serrat em uma cidade pequena do interior do Piauí, chamada Buriti dos Montes à uns 250 km da capital Teresina. Onde os festejos da padroeira ocorre entre os dias 10 a 20 de julho, todos os anos acontece nesse período uma festa grandiosa na cidade, onde vários fiéis do Brasil inteiro vão participar das festas. Essa cidade é pouco conhecida.

Também é padroeira da cidade de Caiapônia, Estado de Goiás, cuja data é comemorada no dia 15 de agosto, a devoção chegou a esta cidade na época que chamava Rio Bonito (em 1913) através do Padre espanhol Jose Senabre Sanromán ele todos os dias rezava uma missa em louvor a santa e o povo Rio Bonitense se apaixonou por Nossa Senhora com o título de Monte Serrat e sonhavam em adquirir uma imagem dela para ser colocada na capela. Foi ai que a zeladora da igreja, que era conhecida por Maria do Júlio, perguntou ao padre porque ele não encomendava uma replica da imagem da virgem de Monte Serrat. Ele disse que achava difícil, pois ela teria de vir da Europa e não ficava barato, mas dona Maria se prontificou em conseguir o dinheiro para a compra da imagem e o padre José Senabre se convenceu. O povo de Rio Bonito ficou eufórico com a noticia e ajudaram o Padre com suas doações. Com o dinheiro adquirido ele encomendou a imagem que veio da Espanha até o Rio de Janeiro de navio, de Santos para São Paulo de trem de ferro, de são Paulo para Uberaba de carro, de Uberaba/MG para Itumbiara/GO, naquela época santa Rita do Parnaíba, de cargueiro e até Rio Bonito de carro de boi. Viajando durante mais de três meses e assim no dia 25/12/1913 festividade do natal deu-se um dos fatos mais importantes da história de Caiapônia, que foi a chegada da bela e artística imagem da senhora de Monte Serrat.

Oração[editar | editar código-fonte]

"Ó clementíssima Virgem Maria, minha soberana e Mãe augusta Senhora do Monte Serrat, venho lançar-me no seio de vossa misericórdia, e pôr desde agora e para sempre a minha alma e meu corpo debaixo da vossa salvaguarda e da vossa bendita proteção.

Confio-vos e entrego nas vossas mãos todas as minhas esperanças e consolações, todas as minhas penas e misérias, bem como o curso e o fim da minha vida, para que por vossa intercessão e por vossos merecimentos, todas as minhas ações se dirijam e se disponham segundo a vontade de vosso divino Filho Nosso Senhor Jesus Cristo, e que minha alma depois dessa vida possa alcançar a salvação eterna.

Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós.

Nossa Senhora do Monte Serrat, rogai por nós. Amém."

Comemorações[editar | editar código-fonte]

A Prefeitura Municipal de Santos organiza, em conjunto com a Mitra Diocesana de Santos, os festejos em homenagem a N.Sra. do Monte Serrat, no período de 24/08 a 08/09, com quermesse e shows musicais no Monte Serrat e duas procissões, a descida da Imagem da Santa em 24 de agosto e a Renovação da Consagração da Cidade a Nossa Ssenhora do Monte Serrat, com o retorno da Imagem, no dia 8 de setembro, Dia da Padroeira.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]