Notoriedade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Notoriedade é a propriedade de ser digno de nota, ter fama, ou ser considerado alto de um alto grau de interesse, importância, ou distinção. Refere-se também a capacidade de ser tal.

História[editar | editar código-fonte]

O conceito surge na filosofia da estética sobre a avaliação estética.[1] Há críticas de galerias de arte que determinam a valorização monetária, ou avaliação, de modo a determinar o que ou o que não exibir, baseando-se em notoriedade do artista, em vez de qualidade inerente da obra de arte.

Jornalismo e propaganda[editar | editar código-fonte]

A notoriedade pode surgir em decisões sobre questões de cobertura sobre algo no meio jornalístico.[2] Os comerciantes e os jornais podem tentar criar notoriedade para criar fama ou notoriedade para algo, ou para aumentar as vendas, como na imprensa marrom.

Classes sociais[editar | editar código-fonte]

A classe privilegiada é por várias vezes chamada notável em relação aos trabalhadores assalariados.[3] [4]

Referências

  1. Aesthetic Appraisal, Philosophy (1975), 50: 189-204, Evan Simpson
  2. Journalism in the age of the information society, technological convergence, and editorial segmentation, Journalism February 2009 vol. 10 no. 1 109-125, Francisco José Castilhos Karam doi:10.1177/1464884908098323
  3. and Revolution: Social Origins of the Political Elite in Liberal Spain, 1800 to 1853, Jesus Cruz
  4. Urban Notables and Arab nationalism: the politics of Damascus 1860-1920, PS Khoury, 2003 ISBN 978-0-521-53323-2