Nova Deli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou secção:
Índia Nova Deli
Nova Déli • Nova Délhi • नई दिल्ली
 
—  cidade  —
De cima para baixo e da esquerda para a direita: 1) Templo de Lótus; 2) Porta da Índia; 3) Túmulo de Humaium; 4) Praça Connaught; 5) Templo de Akshardham;
De cima para baixo e da esquerda para a direita: 1) Templo de Lótus; 2) Porta da Índia; 3) Túmulo de Humaium; 4) Praça Connaught; 5) Templo de Akshardham;
Nova Deli está localizado em: Índia
Nova Deli
Localização de Nova Deli na Índia
28° 42' N 77° 12' E
Território Deli
 - Ministro-chefe Arvind Kejriwal
Área
 - Total 43,7 km²
Altitude 216 m (709 pés)
População
 - Total 249 998
    • Densidade 5 720,8 /km2 
Código postal 110 xxx
Prefixo telefónico 011
Sítio www.ndmc.gov.in

Nova Deli[1] [2] [3] (também grafada em português Nova Déli[4] [5] [6] [7] [8] [9] [10] ou Nova Délhi [11] [12] [13] [14] [15] [16] ; em hindi: नई दिल्ली, translit.: Naī Dillī; em panjabi: ਨਵੀਂ ਦਿੱਲੀ, translit.: Navī̃ Dillī; em urdu: نئی دلی, translit.: Nayee Dillī; em inglês: New Delhi, pronunciado: [njuː ˈdɛli] ( ouvir)) é a capital da Índia. Com uma área total de 42,7 km², Nova Deli situa-se dentro da metrópole de Deli, e atualmente serve como sede do Governo da Índia, da República da Índia, além do governo do Território da Capital Nacional de Deli (NCT).

Projetada pelo arquiteto britânico Edwin Lutyens, a cidade é conhecida por seus bulevares amplos e cercados por árvores, e por ser sede de diversas instituições e monumentos nacionais. Desde 1947 é a capital do país, tendo já sido a capital da colónia britânica antes da independência (antes disso a capital colonial da Índia era Calcutá).

História[editar | editar código-fonte]

Existiram oito cidades designadas Deli, contíguas ou não, desde a primeira chamada Indraprashta, até à actual Deli.

No século XII foi capturada por Kutb-ud-Din, que a tornou capital do estado muçulmano em 1206. Mais tarde foi saqueada e, em 1526, caiu em poder do mongol Baber. Morto Aurangzeb, em 1707, o império iniciou o seu declínio, sendo a cidade saqueada pelos persas.

Em 1803 passa para a posse dos ingleses, mas foi governada por imperadores, sob a custódia da Companhia das Índias Orientais, até 1857, quando ocorreu a célebre Revolta dos Sipaios, com a captura e deposição do último imperador mongol.

Calcutá foi a capital da Índia até dezembro de 1911, durante o Raj britânico. Deli, no entanto, serviu como centro político e financeiro de diversos impérios da Índia antiga e medieval, especialmente do Império Mogol, que fez parte da Região do Panjabe de 1799 a 1849. No início do século XX, uma proposta foi feita à administração britânica para mudar a capital para Deli; ao contrário de Calcutá, que se localiza na costa oriental da Índia, Deli localiza-se no norte do país, e o governo da Índia Britânica decidiu que seria mais fácil administrar o extenso território a partir de lá. O rei George V, então Imperador da Índia, anunciou oficialmente a alteração da capital do Raj.[17]

Nova Deli foi projetada ao sul da Cidade Antiga, construída pelo imperador mogol Shah Jahan. A cidade situa-se diante do sítio de sete antigas cidades, e inclui inúmeros monumentos históricos, como o Yantra Mandir e os Jardins de Lodhi.

Muito de Nova Deli foi projetada pelo empreiteiro local, Sir Sobha Singh, e pelo arquiteto britânico Edwin Lutyens; até os dias de hoje uma região da cidade é chamada de "Lutyens' Delhi" ("Deli de Lutyens"). A área administrativa central da cidade foi projetada como um testamento às pretensões imperiais britânicas; no coração da cidade estava o imponenete Rashtrapati Bhawan (conhecido então como Casa do Vice-Rei), sediado sobre o Monte Raisina. O Rajpath, também conhecido como King's Way ("Caminho do Rei"), estendia-se do Portão da Índia ao Rashtrapati Bhawan, em cujos flancos situa-se o Edifício do Secretariado, que abriga diversos ministérios do governo indiano. A Casa do Parlamento, projetada por Herbert Baker, localiza-se na Sansad Marg, rua que segue paralela ao Rajpath.

Após a independência da Índia, em 1947, uma autonomia limitada foi conferida a Nova Deli, que passou a ser administrada pro um Comissário-Chefe, nomeado pelo governo indiano. Em 1956 Deli foi convertida num Território da União, e o comissário eventualmente foi substituído por um Tenente-Governador. A Constituição da Índia, em sua sexagésima-nona emenda, de 1991, declarou que o Território da União de Deli passaria a ser conhecido formalmente como Capital do Território Nacional de Deli.[18] Um sistema de diarquia foi introduzido, através do qual o governo eleito recebia amplos poderes, com a exceção lei e da ordem, que permaneciam prerrogativas do governo central. A atual legislação foi implementada em 1993.

Palácio presidencial, o Rashtrapati Bhavan

Os monumentos mais importantes são, além do palácio Rashtrapati Bhawan, construído em arenito e mármore, que serve como residência oficial do presidente, o Arco Comemorativo da Primeira Guerra Mundial, construído em 1921, e os Templos Religiosos de Balmiki e Lakshminarayan, que foram frequentados por Mahatma Gandhi. Na cidade velha, em frente ao rio, levanta-se o Forte Vermelho, que rodeia um palácio mongol do século XVII. Na margem do Jumna também encontra-se Rajghat Samadhi, onde foi incinerado o corpo de Gandhi. De grande interesse existe também a Grande Mesquita, do século XVII, e a Mesquita Moti Musjid, construída por Aurangzeb.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Com uma área total de 42,7 km², Nova Deli forma uma pequena parte da área metropolitana de Deli,[19] e se localiza na planície Indo-Gangética, motivo pelo qual existem poucas alterações na altitude da cidade. Nova Deli e as áreas que a circundam fizeram parte da Cordilheira de Aravali, porém atualmente restou apenas o Desfiladeiro de Deli. A cidade também se localiza nas redondezas do rio Yamuna, e sente os efeitos de suas cheias. A leste do rio está a região urbana de Shahdara. Nova Deli se localiza na zona sísmica IV, o que significa que está suscetível a grandes terremotos.[20]

Nova Deli e a região ao seu redor apresenta um clima acentuadamente continental, devido à sua distância do litoral e das cadeias de montanha próximas. As temperaturas variam de 40 graus Celsius, durante o verão, a cerca de 4 graus durante o inverno.[21] Deli possui um clima semi-árido, com grandes variações entre as temperaturas em cada estação. Os verões são longos, do início de abril a outubro, com a estação das monções no meio; enquanto os invernos começam em novembro e têm o seu auge em janeiro. A média de temperatura anual é de 25 °C; as médias mensais variam de 14 a 33 °C.[22] A média anual de pluviosidade é de cerca de 714 mm, na maior parte ocorridas justamente durante as monções de julho e agosto.[23]

Governo[editar | editar código-fonte]

A partir de 2005, a estrutura governamental do Conselho Municipal de Nova Délhi inclui um diretor-executivo, três membros da Assembléia Legislativa da cidade, dois membros nomeados pelo Ministro-Chefe do Território da Capital Nacional de Délhi (NCT) e cinco membros indicados pelo governo central. O atual ministro-chefe do NCT é Sheila Dikshit. De acordo com a constituição da Índia, se uma lei que for promulgada pela assembléia legislativa de Délhi entrar em contradição com qualquer outra lei aprovada pelo Parlamento da Índia, então a lei promulgada pelo parlamento deverá prevalecer sobre a lei promulgada pela assembléia.[25]

Enquanto Nova Deli é administrada pelo seu próprio governo municipal, outras áreas urbanas da metrópole são governadas pela Corporação Municipal de Délhi e, como tal, não são consideradas parte da capital. No entanto, toda a metrópole de Délhi é conhecida comumemente como 'Nova Deli', em contraste à 'Velha Deli'.

Estrutura urbana[editar | editar código-fonte]

Mapa de ruas de Nova Deli

Boa parte de Nova Deli foi projetada por Edwin Lutyens, um dos principais arquitetos britânicos do século XX, e recebeu até mesmo o nome de "Lutyens' Delhi". Lutyens distribuiu a área administrativa da cidade em torno de duas esplanadas, chamadas Rajpath ("Caminho do Rei") e Janpath ("Caminho da Rainha"). O Rajpath se estende do palácio de Rashtrapati Bhavan até o Portão da Índia, enquanto o Janpath se inicia no Connaught Circus, cruzando outra importante via, o Shantipath, em ângulos retos. 19 embaixadas estrangeiras estão localizadas no Shantipath ("Caminho da Paz"), o que faz dele o maior enclave diplomático no país.[26]

No coração da cidade se encontra o imponente palácio de Rashtrapati Bhavan, antiga residência do Vice-Rei. Nas proximidades está o Secretariado, sede de diversos ministérios do Governo da Índia. O Edifício do Parlamento se localiza no Sansad Marg, via paralela ao Rajpath. A Connaught Place é uma grande área circular, comercial, em Nova Deli, modelada a partir do Royal Crescent, na Inglaterra; doze ruas separadas saem do anel externo da Connaught Place, um deles o Janpath.

Transporte[editar | editar código-fonte]

Estação do Metrô de Délhi

Como uma cidade planejada, Nova Deli tem diversas estradas arteriais, muitas das quais assumiram um status icônico, como o Rajpath, Janpath e a Akbar Road. Em 2005 o número de veículos privados era responsável por 30% do total da demanda por transporte na área metropolitana de Nova Deli.[27] Este número, no entanto, pode ser ainda maior, já que o serviço de ônibus é restrito em diversas partes da capital, por motivos de segurança. A construção e manutenção de ruas e vias urbanas é responsabilidade primária do Departamento de Engenharia Civil.[28] O metrô é um aspecto comum por toda a Nova Deli; em 2008 existiam 15 estações em funcionamento.[29] Em 1971, a responsabilidade administrativa da Delhi Transport Corporation (DTC, "Corporação de Transportes de Deli") foi transferida da Corporação Municipal de Deli (NDMC) para o Governo da Índia; em 2007 existiam 2700 pontos de ônibus na cidade, dos quais 200 haviam sido construídos e eram mantidos pela NMDC, e o resto pela DTC.[30]

O Metrô de Deli, construído e operado pela companhia Delhi Metro Rail Corporation (DMRC), liga a cidade com o resto da metrópole de Deli. Através de um acordo com a NDMC, a DMRC pode adquirir terra para a construção de trilhos e estações do metrô dentro da cidade, sem quaisquer implicações financeiras.[31] A NDMC também construiu complexos de estacionamentos, com diversos andares, em colaboração com a DMRC, em diversas estações de metrô por toda a cidade, de modo a aumentar o número de vagas.[32]

Demografia[editar | editar código-fonte]

O Templo de Akshardham, célebre templo hindu em Nova Deli..[33]

Em 2001, Nova Deli tinha uma população de 295.000 habitantes, enquanto o Território da Capital Nacional de Délhi (NCT) tinha uma população de 9,81 milhões de habitantes.,[34] o que fazia dela a segunda área metropolitana da Índia em população, atrás apenas de Bombaim.[35] Existiam 925 mulheres para cada 1000 homens no NCT, e a taxa de alfabetização é de 81.67%.[36]

O hinduísmo é a religião de 82% da população de Deli, da qual Nova Deli é apenas uma parte. Existem também grandes comunidades de muçulmanos (11.7%), sikhs (4.0%), jainistas (1.1%) e cristãos (0.9%) em Deli.[37] Outras minorias incluem os parses, budistas e judeus.[38]

O hindi é o principal idioma (oral e escrito) da cidade. Outras línguas comumente faladas são o inglês, o panjabi e o urdu. Grupos linguísticos de todas as regiões do país estão bem representados na cidade; entre eles o maithili, haryanvi, canarês, telugu, bengali, marata e tâmil.

Economia[editar | editar código-fonte]

A Porta da Índia, em Nova Deli

Nova Deli é o centro de governo e de administração. As duas cidades, Velha Deli e Nova Deli funcionam como uma só cidade. A capital está ligada por via férrea e avião com Bombaim, Calcutá e Madras. O seu sector industrial resume-se a uma indústria ligeira variada, onde se destaca a têxtil, que produz artigos de algodão, tecidos e telas. A produção de jóias e a imprensa também são significativas. Perto da cidade existem diversas instituições educativas de carácter superior e muitas delas correspondem a centros de investigação científica.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Uma das cidades mais antigas do mundo e palco de manifestações culturais ao longo da história, Nova Deli conserva centenas de monumentos. A zona histórica de Velha Deli possui várias mesquitas e fortalezas, sendo cercada por uma muralha antiga. Além de monumentos históricos, Nova Deli também é a sede prédios do governo indiano.

As principais atrações turísticas são:

Referências

  1. Embaixada de Portugal em Nova Delhi.
  2. Lusa, Agência de Notícias de Portugal. Prontuário Lusa. Visitado em 10 de outubro de 2012.
  3. Rocha, Carlos (2 de maio de 2013). A pronúncia de Nova Deli Ciberdúvidas da Língua Portuguesa. Visitado em 2 de maio de 2013.
  4. BBC News.
  5. Folha de S. Paulo.
  6. Globo.
  7. Correio Braziliense.
  8. Huffington Post.
  9. UOL.
  10. Revista Veja.
  11. Folha de S. Paulo.
  12. Globo.
  13. Trip Advisor.
  14. Correio Braziliense.
  15. UOL.
  16. Revista Veja.
  17. Hall, P. Cities of Tomorrow. [S.l.]: Blackwell Publishing, 2002. 198-206 p. ISBN 0631232524
  18. THE CONSTITUTION (SIXTY-NINTH AMENDMENT) ACT, 1991 THE CONSTITUTION (AMENDMENT) ACTS, THE CONSTITUTION OF INDIA National Informatics Centre, Ministry of Communications and Information Technology, Government of India. Visitado em 2007-01-08.
  19. http://www.ndmc.gov.in/AboutNDMC/NNDMCAct.aspx
  20. Hazard profiles of Indian districts (PDF) National Capacity Building Project in Disaster Management UNDP. Visitado em 2006-08-23. Cópia arquivada em 2006-05-16.
  21. Delhi Tourism - Climate. Visitado em 2007-03-10.
  22. Weatherbase entry for Delhi Canty and Associates LLC. Visitado em 2007-01-16.
  23. Chapter 1: Introduction (PDF) Economic Survey of Delhi, 2005–2006 pp1–7 pp. Planning Department, Government of National Capital Territory of Delhi. Visitado em 2006-12-21.
  24. New Delhi weather (em English). Visitado em 2008-09-27.
  25. http://indiacode.nic.in/coiweb/amend/amend69.htm
  26. Delhi Online (em inglês)
  27. http://delhiplanning.nic.in/Economic%20Survey/ES%202005-06/Chpt/12.pdf
  28. http://www.ndmc.gov.in/Departments/Civil/Dept_CivilEng_Road.aspx?KEY=01?Key=1
  29. http://www.ndmc.gov.in/Departments/Civil/Dept_CivilEng_Subway.aspx
  30. http://cities.expressindia.com/local-news/archivefullstory.php?newsid=237852&creation_date=2007-05-25
  31. http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:6DhdlpoNvg8J:www.ndmc.gov.in/Resolutions%25202007/CIVIL/civil%2520engineering%252018.07.07/ITEM%2520NO.%252030%2520(A-27).doc+NDMC+DMRC+delhi&hl=en&ct=clnk&cd=1&gl=us&client=firefox-a
  32. http://www.hindu.com/2007/07/26/stories/2007072655710400.htm
  33. http://www.akshardham.com/visitorinfo/index.htm
  34. http://books.google.com/books?id=5ZBaVhmRvCkC&pg=PA436&lpg=PA436&dq=new+delhi+295,000&source=web&ots=2xyvTNerag&sig=O8LPSYYheYo8yEEyPNBhdI1nkFs&hl=en&sa=X&oi=book_result&resnum=2&ct=result
  35. World Urbanization Prospects The 2003 Revision. (PDF) p7 pp. United Nations. Visitado em 2006-04-29.
  36. National Literacy Missions Report,
    Economic Survey of India, Chapter 15 Education (PDF) p1 pp.. Visitado em 2007-12-25.
  37. Indian Census
  38. Data on Religion 1 pp. Census of India 2001. Visitado em 2006-05-16.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Nova Deli