Nova Onda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nova Onda
Comic image missing-pt.png
Dados sobre publicação
Publicado por Marvel Comics
Primeira aparição Nextwave #1
Criado por Warren Ellis
Stuart Immonen
Características do grupo
Base de operações Shockwave Rider
Membros atuais Monica Rambeau
Tabitha Smith
Aaron Stack
Elsa Bloodstone
O Capitão
Dirk Anger
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

O Esquadrão Nova Onda é um grupo de super-heróis do Universo Marvel.

História[editar | editar código-fonte]

Em um simples restaurante localizado na Dakota do Norte é que nossa história começa. Acompanhamos uma conversa entre Elsa Bloodstone e O Capitão. Ela o questiona sobre os motivos de ter se transformado em super-herói e qual era o nome dele, e este responde que o motivo era a máscara, pois com ela poderia encher de porrada os outros sem eles saberem sua identidade, e diz que seu codinome anterior era Capitão **** , o que lhe rendeu uma boa surra do Capitão América certa vez.

Ele e Elsa estão checando o local, onde supostamente estariam construindo um shopping. Mas na realidade uma certa Corporação Além está escavando para retirar uma arma biológica de destruição em massa enterrada lá. Capitão diz que essa informação está em um documento em posse de Mônica e Aaron.

Antes de entendermos exatamente o que está acontecendo, já pulamos para mais novos personagens. O quartel-general de uma organização chamada O.D.I.O. (Órgão de Destruição dos Inimigos da Ordem), onde conhecemos o diretor dessa organização, General Dirk Anger. O truculento general está recepcionando um grupo de recrutas, e conta um pouco de sua vida para deixá-los mais "à vontade". Afirma ter 90 anos e que está bem conservado devido às drogas especiais que prolongam a vida, esta dedicada ao combate ao terrorismo. Anger inclusive revela sua curiosa dieta, que é matar um animal com as mãos limpas, comendo a carne crua.

A "simpática" apresentação é interrompida pela localização de um veículo da organização, recentemente furtado, chamado Onda de Choque. Nele estão os aliados de Elsa e Capitão, Mônica Rambeau e Aaron Stack, Capitã Marvel e Homem-Máquina, respectivamente. Anger entra em contato pelo rádio da nave, e começamos a descobrir mais sobre o que está acontecendo. Mônica e os outros eram membros de uma equipe antiterrorista de elite chamada Esquadrão Nova Onda, mas desertaram ao descobrirem que a O.D.I.O. estava recebendo verbas da Corporação Além, que é fachada do S.I.L.E.N.C.I.O., uma conhecida célula terrorista. O objetivo é usar a O.D.I.O. para produzir armas de destruição em massa e obter descontos fiscais e poder político.

Em seguida, temos a revelação da arma de destruição em massa que está sendo escavada em Dakota. Era nada mais, nada menos que Fing Fang Foom, que ilustra uma das passagens mais divertidas da edição, pois ele está injuriado por causa do desejo de copular desde 1956 e não ter nenhum vestígio de genitais.

O Esquadrão Nova Onda se mobiliza, conhecemos mais uma integrante, Tabitha Smith (antiga Dinamite/Fusão). E vemos mais da dinâmica do grupo, ao criticarem codinomes e Mônica se preocupar com Tabitha ser esmagada por Fing Fang Foom, mas nem ligar para Elsa, pois esta a irrita.

Mônica reclama da agressividade de Elsa, lembrando do seu tempo como líder dos Vingadores, o que parece que será uma piada recorrente na série. Mas será que Mônica sempre considerou toda a vida sagrada? Um episódio na infância entre ela e um barulhento cachorro mostra que nem sempre foi bem assim. Mas ela nem deveria se preocupar, Elsa e Aaron concluem que os agentes eram tão humanos e vivos quanto um brócolis.

Tabitha se lança do Onda de Choque, dirigindo-se com seu poder plenamente ativo até Fing Fang Foom. E ao contemplar um gigantesco e violento réptil prestes a aniquilar uma cidade repleta de inocentes a preocupação de Tabi é: "Ah, meu Deus. Ele está usando cueca."

Depois, a Nova Onda ainda tem muitas batalhas pela frente, como a Guerra Civil.