The New Woody Woodpecker Show

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Novo Pica-Pau)
Ir para: navegação, pesquisa
Emblem-scales.svg
A neutralidade desse artigo (ou seção) foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão.
Justifique o uso dessa marca na página de discussão e tente torná-lo mais imparcial.
The New Woody Woodpecker Show
O Pica-Pau (PT)
O Novo Pica-Pau (BR)
USJ-Woody.jpg
Estátua do Pica-Pau nos estúdios da Universal.
Informação geral
Formato Série de desenho animado
Género Sitcom
Duração 7 à 10 min. aprox. por episódio
Criador(es) Walter Lantz (desenho de 1940 - 1972)
Desenvolvedor(es) Universal Studios
País de origem  Estados Unidos
Idioma original Inglês
Produção
Produtor(es) Universal Pictures
Distribuída por Universal
Tema de abertura "Woody Woodpecker Theme"
Exibição
Emissora de
televisão original
Estados Unidos FOX (Fox Kids)
Brasil SBT, Rede Record, Cartoon Network
Portugal TVI
Transmissão original 08 de maio de 1999 - 28 de março de 2002
N.º de temporadas 3
N.º de episódios 210

The New Woody Woodpecker Show (no Brasil, O Novo Show do Pica-Pau e em Portugal O Pica-Pau) é uma série de desenho animado estadunidense feita em 1999 pela Universal Animation Studios, apresentando os novos desenhos do Pica-Pau. A cada show, são apresentados três episódios: dois do Pica-Pau e um do Picolino ou da Winnie, e, de vez em quando, um de Toquinho e Lasquita (que nos novos episódios foram chamados de "Knothead & Splinter", como no original em inglês).

A série[editar | editar código-fonte]

A primeira temporada em 1999 a 2000 havia começado com uma animação mais bem produzida, mas com o tempo foi perdendo a qualidade. Os primeiros episódios de 99 tinham um tipo de humor grotesco e exagerado, em um estilo parecido com o dos desenhos de Ren & Stimpy, A Vida Moderna de Rocko e Bob Esponja, por isso em algumas cenas aparecem o Pica-Pau ou algum de seus amigos em situações completamente absurdas (um exemplo disso é no episódio "Encontro com o destino", onde há uma cena em que o Pica-Pau toma um barbeador elétrico das mãos do Leôncio enquanto ele fazia a barba e arranca fora o nariz dele). Esse tipo de humor usado na primeira temporada, foi perdendo um pouco o espaço na segunda temporada de 2000 a 2001, algumas histórias passaram a ficar muito forçadas e sem sentido, ou com situações complicadas demais. Com o tempo o humor exagerado deixou totalmente de ser usado no desenho, e a animação já não tinha a mesma qualidade em relação a primeira temporada. Em 2001 não foram produzidos novos episódios, somente em 2002 a 2003 o Novo Pica-Pau voltou em sua terceira temporada. Os desenhos da terceira temporada tem a cor um pouco mais forte do que os anteriores, por isso nestes episódios o Pica-Pau tem penas azul escuro. Essa foi uma das fases mais fracas da série, não só pelos roteiros, mas também pela animação que ficou mais simples. Depois de algum tempo a série foi cancelada devido a baixa audiência nos Estados Unidos. Um dos motivos pelo qual um dos maiores clássicos dos desenhos animados tivesse baixa audiência foram as mudanças muito grandes que a série apresentou em relação à antiga, especialmente com o próprio Pica-pau, que embora seja fisicamente igual aos antigos, possui uma personalidade diferente sendo mais folgado, mal-humorado, desleixado, e menos esperto, além de raramente bicar árvores e pessoas e de não poder mais voar, o que deixou o humor da série em um nível inferior ao dos desenhos clássicos.

Personagens[editar | editar código-fonte]

Principais[editar | editar código-fonte]

  • Pica-Pau (Woody Woodpecker) - Como o próprio nome já diz, ele é um pica-pau, vive em uma casa da árvore no quintal da Senhorita Meany. Ele tem de pagar o aluguel da casa da árvore para a Meany todo mês para poder continuar morando lá. O Pica-Pau tem como vizinho o Leôncio, e está sempre perturbando o sossego dele. Nos novos episódios é revelado que o Pica-Pau é de família escocesa, isso talvez seja por que na primeira vez em que o Pica-Pau apareceu, no desenho "Pica Pau Ataca Novamente", ele imitou o som de uma gaita-de-fole.
  • Winnie Pica-Pau (Winnie Woodpecker)- A namorada do Pica-Pau. Nas dublagens dos desenhos clássicos ela era chamada de "Paulina" (Paulina foi dublada por Cecília Lemes)mas nos novos episódios ela foi chamada de "Winnie" (o seu nome original em inglês). Mesmo assim em uma revista de colorir chamada "Pinte Legal com o Pica-Pau" (lançada nos anos 2000), ela ainda era chamada de "Paulina", e também em um álbum de figurinhas do Pica-Pau lançado em 2007 pela Editora Deomar[1] (mesma editora que publica histórias em quadrinhos baseadas nos episódios clássicos)[2] em outro lançado em 2011 pela Panini Group[3] . Nos episódios antigos o Pica-Pau demonstrava gostar muito dela (a ponto de brigar com o Zeca Urubu por causa dela), mas nos novos episódios o Pica-Pau nunca mostrou nenhum interesse nela.
  • Knothead & Splinter - Eles são os dois sobrinhos do Pica-Pau. Assim como a Winnie, eles não tiveram seus nomes traduzidos na dublagens dos novos episódios, e foram chamados de "Knothead e Splinter", mas também continuaram sendo chamados de "Toquinho e Lasquita" nas revistas "Pinte Legal com o Pica-Pau" e em um álbum de figurinhas lançado em 2007.
  • Leôncio (Wally Walrus) - O vizinho do Pica-Pau, ele é uma morsa de nacionalidade sueca. Por isso sempre fala com sotaque sueco. É frequentemente incomodado pelo Pica-Pau e seus sobrinhos, Knothead e Splinter, e algumas vezes pela Winnie e seu prato favorito é Almôndega.
  • Senhorita Meany (Miss Meany) - Também conhecida no Brasil como "Meany Ranheta", ela é a senhoria da casa onde o Pica-Pau mora, sempre ameaça despejá-lo quando ele faz alguma coisa errada.
  • Dooley - Seu nome completo é "Dapper Denver Dooley". Vive brigando com o Pica-Pau. Ele foi o personagem que mais mudou nos novos episódios: ficou sem barba e com uma aparência mais jovem. Poucas pessoas conseguem reconhecê-lo quando assistem os novos desenhos, mas há um episódio em que se pode reconhecer o Dooley porque ele se chamou como tal. O episódio se chama: Difícil Entrega ("Difficult Delivery"), no qual ele é o novo dono de uma pizzaria e promete entregar a pizza em cinco minutos ou sai de graça. Antes de partir para a entrega, ele "se entrega", chamando-se de Dapper Dever Dooley, e no final do episódio, o Pica-Pau também o chama de Dooley.
  • Zeca Urubu (Buzz Buzzard) - Um urubu malandro que sempre tenta enganar o Pica-Pau com um dos seus golpes, mas sempre se dá mal no fim.
  • Nanico (Tweaky da Lackey) - Um pequeno gavião amarelo, ele é o comparsa de Zeca Urubu. Ele foi criado especialmente para os novos episódios para ajudar o Zeca em seus golpes.
  • Mãe Natureza (Mother Nature) - Uma fada que controla tudo que acontece na natureza e na vida dos animais. Ela frequentemente tem de ir atrás do Pica-Pau para adverti-lo de que ele está preguiçoso demais, em um episódio ela chegou até a transformar o Pica-Pau em pombo por causa disso.
  • Billy & Loui - Dois cachorros malvados. Billy é um bulldog e Loui é um vira-lata com olhos arregalados. Eles estão sempre implicando com Knothead & Splinter.
  • Texugo (Badger): Um Texugo que sempre aparece nos novos episódios do Pica-Pau dizendo: "Oi, meu chapa!" ou "Oi, Amigo!". Seu nome nunca foi dito em nenhum episódio.
  • Joe - Ele é o dono de uma barraca de cachorro quente. Apareceu pela primeira vez no episódio "Guerra é guerra", onde o Pica-Pau compra a barraca de cachorro quente dele, mas ele voltou a aparecer em outros episódios de novo com sua barraca de cachorro quente.

Secundários[editar | editar código-fonte]

  • Zé Jacaré - Um jacaré faminto que vive querendo colocar o Pica-Pau na panela. Nos novos episódios ele também não teve o nome traduzido e foi chamado de "Gabby Gator", apareceu uma única vez em um episódio chamado: "Já chega de milho "Corn fed up" da terceira temporada em 2003.
  • Tio Scroogey - Tio Rico do pica-pau, que vive em uma cadeita de rodas e sua casa é imensa e tem um mordomo chamado Jimes.
  • Pibbey - Porco que serve de capanga para o Zeca Urubu; apenas apereceu no "O Carro Novo da Winnie"; como um servente do Zeca Urubu, foi levado junto à prisão com o mesmo; por participar de uma estafa e atualmente não escapou; diferente do Zeca Urubu que possivelmente escapou.
  • Woodrow Pica-Pau (Woodrow Woodpecker) - Um pica-pau nerd que ficou na mesma sala que o Pica-Pau quando ele foi mandado de volta a escola de pássaros pela Mãe Natureza. Apareceu apenas no episódio "Sábia a Natureza" ("Teachers pet").
  • Nick Quinquilharia (Nicky Woodpecker) - Ele é um pica-pau ladrão, mas finge ser educado para fazer os outros de bobo. Aparece apenas em um episódio "Me Engana que eu Gosto" ("Eenie, Meany").
  • Doutor Lelé (Doctor Nutts ou Dr. Doug Nutts) - Ele é um médico. Só apareceu em alguns dos primeiros episódios da primeira temporada em 1999. O que poucos sabem no Brasil é que este personagem é baseado em uma pessoa real, ele é uma caricatura de um comediante estadunidense chamado Don Knotts. O nome do personagem: "Doug Nutts" é uma paródia ao nome "Don Knotts".
  • Gunther - Ele é um bávaro, do tipo garoto rico, mimado, encapetado e destruidor que sempre incomoda o Pica-Pau pedindo para ele brincar com ele. Aparece em apenas dois episódios de 2001, por motivos de dúvidas os episódios chamam se "O treinador" (Be a sport) e "Viagem à Bavária" (Bavariannoying).
  • Leôncinho (Willy Walrus) - Ele é o sobrinho do Leôncio. Aparece em dois episódios: "Basta pedir ao tio" (Just Say Uncle) e "Grudado em você" (Stuck on You).
  • Teany - Sobrinha da Meany, chorona e escandalosa. Aparece em apenas um episódio chamado: "A sobrinha e o sossego" (Niece and Quiet).
  • Toupeira - Apareceu em dois episódios apenas: "TV à Cabo", onde ela instala a TV na casa do Leôncio e "Dores Falsas", que o Pica-Pau finge estar doente.
  • Cupido - Apareceu apenas no episódio "Encontro com o Destino", onde joga uma flecha e consegue fazer um casal feliz. O Pica-Pau usou sua flecha mas não tinha direito e levou um castigo. Ele têm muito a aparência de um bebê.
  • Cachorro da Meany - O cachorro da Senhorita Meany. Ele é branco. Assim como o Urso, a Toupeira, o Cupido, não se sabe o nome dele e. Só apareceu no episódio "Vida de Cão". Ele adora o Leôncio, mas demonstra não gostar do Pica-Pau, pois ele mordeu no final. Aparece na televisão do Pica-Pau no episódio "No Conforto do Lar".
  • Cachorro do lixo - O cão bravo que aparece no episódio "Lixo Trabalhoso", onde a função dele é impedir que o Pica-Pau recupere o satélite.
  • Pit - É o cachorro de uma senhora, que aparece no episódio da Winnie, "Em Dia no Cabeleireiro".
  • Hipopótama - é uma hipopátama, cujo nome nunca foi dito em nenhum episódio. É muito gorda e um tanto gulosa. Aparece nos episódios "Nem Sempre o Cliente", "Este Lugar É Meu" e "O Pica-Pau Maluco".
  • Senhor Hipopótamo - é igual a senhora hipopótama, é casado com ela, mas este apareceu apenas no episódio "Nem Sempre o Cliente".
  • Chester - é uma barata que invade a casa do Pica-Pau no episódio "Barata Mais Amiga".
  • Lester - é um cupim voraz, que é capaz de comer uma árvore inteira em questão de segundos. Aparece no episódio "O Pica-Pau e o Cupim".
  • Castores - São castores ainda crianças. Eles aprontam 1001 confusões, e impedem o Pica-Pau de jogar golf no episódio "Tacada Certeira".
  • Senhora Castor - É a mãe dos castores citados acima. Ela pediu para que ele não aprontasse.

Dos Desenhos do Picolino[editar | editar código-fonte]

  • Picolino (Chilly Willy) - Um pinguim friorento que sempre está tentando se aquecer ou conseguir alguma coisa para comer. Vive atormentando Smedley.
  • Chilly Lilly - É a noiva do Picolino. Não aparece muito na série; mas quando aparece, sempre está disposta a dar uma mão ao Picolino. Em um episódio, eles chegam a se separar; porém Smedley volta a reuni-los.
  • Smedley - Um cachorro marrom que sempre é incomodado pelo Picolino.
  • Maxie, o Urso Polar (Maxie, the Polar Bear) - Urso Polar que é encontrado freqüentemente na série, esta personagem às vezes compete com o Picolino por comida ou refúgio; mas todos os seus planos são frustrados pelo Picolino, em outros casos é usado como ajuda opcional para os planos do Picolino, e no geral, é visto como personagem neutra.
  • Rufus le Dufus - Lagosta chef que queria cozinhar o Picolino para seu programa de televisão, Picolino logra ocupar seu posto como chef, devido a isto Rufus prometeu vingança.
  • Hogwash, o Sargento (Hogwash, the Sargent) - Hogwash é um porco marrom que trabalha como sargento en uma base militar na Antártica. Em variadas ocasiões já enfrentou o Picolino e perdeu ou foi humilhado diante de seu chefe.
  • Leôncio: é o mesmo personagem do Pica-Pau, porém, ele aparece menos no Picolino. Uma vez ele aparece como encomenda postal.

Personagens redesenhadas[editar | editar código-fonte]

Nesta nova série, a Universal Animation Studios usou o antigo visual de 1947 para o Pica-Pau e seus amigos [1], e também foram criados novas personagens como o gavião Tweaky que passou a ser o comparsa do Zeca Urubu em seus golpes, o aloprado Doutor Lelé e o texugo sem nome que sempre diz: "Oi, meu chapa!" ou "Olá, amigo!" (dependendo da tradução). Alguns dos personagens clássicos foram totalmente redesenhados, e ficaram irreconheciveis, como é o caso da Meany Ranheta, que ganhou um novo penteado e teve a cor do cabelo mudada de preto para marrom e ficou com o nariz um pouco mais curvado para baixo, ou o Dooley, que apareceu nos desenhos sem barba e com uma aparência mais jovem. E também o Zé Jacaré, que apareceu somente uma vez em toda a série, no episódio Já Chega de Milho "Corn fed up" de 2003. Zé jacaré ficou com uma cor mais verde escura e ganhou um pescoço mais grosso parecido com o "papo" de um jacaré de verdade, ele podia ser reconhecido apenas pelo seu chapéu e colete.

A lenda do Pico da Canção de Ninar[editar | editar código-fonte]

Um dos desenhos animados clássicos do pinguim Picolino chamado: "The Legend of Rock-A-Bye Point", foi usado no segundo bloco de um dos episódios do Novo Show do Pica-Pau. Na versão em inglês o desenho teve o audio remixado com novos efeitos sonoros junto com os antigos (exemplo: quando o urso polar sobe até o topo do iceberg, foram adicionados efeitos sonoros quando os pés dele batem no chão, parecidos com os utilizados quando o Fred Flintstone corre com seu automóvel), mas no Brasil o episódio teve que ser redublado porque não tinha como usar a dublagem antiga junto com o audio remasterizado e remixado. E outro motivo foi porque a primeira dublagem do desenho foi feita no estúdio da BKS, e o Novo Pica-Pau é dublado no estúdio da Herbert Richers. Na dublagem da BKS o episódio recebeu o título de: "A Lenda do Pico da Canção de Ninar", mas na Herbert Richers ele foi chamado de: "A Lenda de Rock-A-Bye Point". Este foi o único desenho clássico da Turma do Pica-Pau que foi redublado, os outros continuam com a sua dublagem original. Apesar de ter sido redublado, a dublagem original continua sendo exibida aleatoriamente pela Record, mas fora do horário do Novo Pica-Pau.

Dubladores no Brasil[editar | editar código-fonte]

Versão Brasileira, Herbert Richers exibido pelo SBT na estréia de 10/07/2000 ficou até 07/07/2006.

Canais onde já foi exibido[editar | editar código-fonte]

TV Paga
TV Aberta
  • SBT - (2000 - 2005)
  • Rede Record - (15/11/2006 - 2007, 2007-2010, 2012- presente, aos sábados às 14h)
  • TVI (2012) - nos fins-de-semana às 6:30.
  • TV Diário - (2007 - presente)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: O Novo Show do Pica-Pau

Episodios[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Andréa Pereira (04/10/2007). Pica-Pau ganha álbum de figurinhas. HQManiacs.
  2. Carlos Costa (15/07/2008). Pica-Pau ganha nova revista em quadrinhos. HQManiacs.
  3. Marcus Ramone (14/07/2011). Panini lança álbum de figurinhas do Pica-Pau. Universo HQ.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]