Nyctaginaceae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaNyctaginaceae

Mirabilis jalapa
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Eudicotiledôneas
Ordem: Caryophyllales
Família: Nyctaginaceae
Géneros
Ver texto.
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Nyctaginaceae

A família Nyctaginaceae pertence à ordem de plantas angiospérmicas Caryophyllales. Contém 37 gêneros e cerca de 400 espécies, ocorrendo em todos os trópicos do globo. No Brasil, ocorrem 9 gêneros e cerca de 50 espécies.

Trata-se de ervas, árvores, arbustos, com flores vistosas de grande potencial ornamental e medicinal, destacando-se os gêneros Boerhaavia, Bougainvillea, e Mirabilis (a famosa planta “maravilha”).

Descrição[editar | editar código-fonte]

Em geral, trata-se de ervas, arbustos, árvores e lianas.

Folhas[editar | editar código-fonte]

As folhas são opostas simples e as estípulas são ausentes.

Flor[editar | editar código-fonte]

A inflorescência geralmente é cimosa; suas flores podem ser vistosas, unissexuadas ou bissexuadas, actinomorfas, monoclamídeas; às vezes protegidas por brácteas (Bougainvillea) ou parecido com um cálice (Mirabilis), cálice (3-)5(-8)-mero, petaloide em geral, gamossépalo, as sépalas podem estar fusionadas formando um túbulo; com prefloração valvar; os estames apresentam o mesmo número das sépalas, dificilmente em número menor ou maior, frequentemente conados, anteras rimosas; disco nectarífero presente; o ovário súpero, unicarpelar, uniovulado.

Fruto[editar | editar código-fonte]

O fruto é do tipo aquênio ou noz.

Reprodução[editar | editar código-fonte]

As flores dessa família são polinizadas por borboletas ou por himenópteros (abelhas, vespas ou formigas), enquanto que os passáros apenas pilham as flores, não constituindo-se como polinizadores legítimos.

A dispersão de suas sementes pode ser realizada pelo vento (anemocoria), endozoocoria ou epizoocoria.

Distribuição[editar | editar código-fonte]

A família Nyctaginaceae possui uma distribuição pantropical, ocorrendo em todos os trópicos do globo e, provavelmente presente em todo o México, América Central, América do Sul, Antilhas e partes mais quentes do Velho Mundo.


Ficheiro:Nyctaginaceae - map of distribuition.jpg
Mapa da distribuição geográfica da Família Nyctaginaceae

No Brasil ocorrem cerca de 9 gêneros, o Andradaea, Belemia, Bougainvillea, Guapira, Leucaster, Neea, Pisonia, Ramisia, Reichenbachia, Boerhavia e Mirabilis, sendo os dois últimos introduzidos no nosso país. Cerca de 50 espécies dessa família ocorrem em todos os estados do país, menos na região Sul.

No Rio Grande do Norte, ocorrem 2 gêneros Guapira e Mirabilis, e 2 espécies, a Guapira pernambucensis e Mirabilis jalapa.

História[editar | editar código-fonte]

A família Nyctaginaceae, pertencente a ordem de plantas Caryophyllales foi descrita em 1789 por Antoine Laurent de Jussieu (Juss.). Trata-se de ervas, arbustos, árvores e lianas, com distribuição pantropical, com cerca de 400 espécies, 37 gêneros.

Essa família é irmã da Família Phytolaccaceae, compartilhando um caractere que é a presença de um único óvulo por placentação basal do carpelo.

Adaptação/Caracteres Evolutivos[editar | editar código-fonte]

Na América no Norte ocorre o clado xerófila, sendo muito conhecido devido sua abundância em condições secas ou desérticas, utilizando a via metabólica C4. A diversificação do clado xerófila pode ter começado no Oligoceno e Mioceno, segundo Drummond (2012.)

Em espécies do gênero Pisonia há uma mucilagem pegajosa e viscosa no fruto produzida por células sob a epiderme, utilizada para atrair passáros.

Importância Econômica[editar | editar código-fonte]

No gênero Boerhaavia, tem-se a espécie Boerhaavia diffusa, sendo uma planta invasora de cultura. É muito utilizada como uma planta medicinal, conhecida como Erva-Tostão, mas pode ser identificada também pelos nomes Batata-de-porco, Pega-pinto e Tangaraca, tendo como principal função, expulsar os vermes, particularmente contra lombrigas, ou sendo utilizadas para o tratamento de diarreia e hepatite.

Outras espécies desse mesmo gênero são utilizadas no preparo de um refrigerante no Ceará. Há também o gênero Neea, encontrado no cerrado brasileiro, suas folhas servem para o preparo de um tipo de chá.

Quanto à ornamentação, a que mais se destaca é a Bougainvillea glabra, sendo conhecida popularmente como, Primavera, Três-Marias, ou ainda como Riso-do-prado no Nordeste. É uma espécie nativa do Brasil, com brácteas altamente coloridas em rosa, lilás, vermelho ou em pequenas flores brancas, sendo utilizada em vasos e jardineiras.

Destaca-se também o gênero Mirabilis com a famosa “maravilha” (Mirabilis jalapa), sendo também conhecida por “bonina” no Nordeste. Trata-se de uma planta herbácea, com flores em cor branca, vermelha, rosa e lilás, sendo empregadas em vasos e jardineiras, além de ser uma planta utilizada na formação de maciços em muros.Suas folhas novas, quando cozidas, são comestíveis. As raízes possuem aplicações na medicina popular, com propriedades diuréticas, antidiarréica, antidisentérica, antileucorréica e antisifilítica.

Gêneros[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Joly, Aylthon B. (2005), Botânica, introdução à taxonomia vegetal – 13ª Edição.
  2. Souza, Vinicius C. & Lorenzi, Harri (2009), Botânica Sistemática – APG III, 3ª Edição.
  3. Barboso, Graziela M. & Peixoto, Ariane L. (2002), Sistemática de Angiospermas do Brasil – Volume I, 2ª Edição.
  4. http://www.mobot.org/MOBOT/Research/APweb/welcome.html
  5. http://www.ceapdesign.com.br/familias_botanicas/nyctaginaceae.html
  6. http://www.botany.hawaii.edu/faculty/carr/pfamilies.htm
  7. http://floradobrasil.jbrj.gov.br/jabot/listaBrasil/ConsultaPublicaUC/ConsultaPublicaUC.do
  8. https://sites.google.com/site/florasbs/nyca/jalapa

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre plantas é um esboço relacionado ao Projeto Plantas. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.