Os mestres do Génio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de OS mestres do Génio)
Ir para: navegação, pesquisa

Os mestres do Génio é um episódio da série Ducktales.

O episódio[editar | editar código-fonte]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Quando Tio Patinhas e seus sobrinhos, Huguinho, Zezinho e Luisinho foram a Árabia em busca da lâmpada mágica de Aladdin, McMónei também vai. Quando os patos encontram a caverna, usam dinamite para abrir. Dentro da caverna, Patinhas e McMónei lutam pela lâmpada mágica e libertam o Génio. O Génio, incapaz de saber quem esfregou a lâmpada primeiro, sugere uma corrida entre McMónei e Patinhas, os dois patos devem voltar as suas casas. McMónei protesta dizendo que a sua mansão fica muito mais longe. Os sobrinhos sugerem que a meta seja a geladaria de Patópolis. Quando o Génio perceber que vai ter de ficar dentro da lâmpada durante a corrida, Patinhas sugere que Génio se hospede na sua mansão durante a corrida. O Génio começa a corrida transportando-se e os sobrinhos até a mansão Mc Patinhas.

Na mansão Mc Patinhas, o Génio começa gostar dos luxos do lar de Patinhas, mas não é muito grato. No salão de refeições, o Génio come hamburguês. Madame Patilda esta preocupada com Huguinho, Zezinho e Luisinho que não comem nada por causa da sua preocupação com Patinhas. Depois de ter comido, o Génio vai nadar na piscina, os sobrinhos continuam preocupados.

Patinhas usa uma corda para descer a montanha e McMónei usa dinamite para provocar uma avalanche a fim de esmagar Patinhas. McMónei escorrega e destrói o seu jacto particular. McMónei prossegue a pé pelo deserto com Patinhas que o chama de batoteiro porque protestou da distância e tinha um jacto. Para trás, na mansão Mc Patinhas, Génio, a fim de permanecer livre para sempre, usa um feitiço para transportar Patinhas e McMónei para o passado. Leopoldo, os sobrinhos e Patrícia testemunham isto e decidem fazer um plano para salvar o tio. Presos no passado, os dois bilionários avançam até chegarem a um palácio. O Sultão pensa que Emir os enviou para resgatar Schwebazade, a sua bela esposa, e envia-os aos crocodilos.

Felizmente, Schwebazade salva-os contando uma história e todos adormecem. Os três escapam do palácio a cavalo, perseguidos pelas tropas do sultão. McMónei foge para outro lado e as tropas importam-se mais com Schwebazade do que com McMónei. Felizmente, Emir e o seu exercito salvam Schwebazade e Patinhas. No presente, Patrícia engana o Génio dizendo que seria impossível viver na lâmpada. O Génio entra e Huguinho fecha o bico da lâmpada com uma rolha. Huguinho que só vai sair se concordar trazer Patinhas ao futuro. Nesse momento, Patinhas e McMónei regressam ao futuro. McMónei encontra-se com dois exploradores e diz-lhes para o levarem ao aeroporto mais próximo.

Obviamente, Patinhas consegue chegar a geladaria de Patópolis onde o esperam Leopoldo e os três sobrinhos. Ao entrar, Patinhas descobre que McMónei ganhou a corrida. McMónei deseja que Patinha vá parar a uma ilhatropical deserta. McMónei diz "Desejaria ver a sua cara quando Patinhas chegasse lá" e é transportado a ilha com Patinhas. McMónei usa involuntariamente o seu terceiro desejo para desejar que a lâmpada jamais tivesse sido encontrada. Isto reverto o tempo até quando os patos explodiram a entrada: a explosão faz a lâmpada ficar coberta de pedras. Ignorando que a lâmpada esta dentro da caverna, Patinhas persegue McMónei para fora da caverna. Apesar conseguírem sair da caverna, a lâmpada permanece como se nunca tivesse sido encontrada.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • Este episódio contém referências ao livro "Mil e uma noites";
  • Schwebazade é uma paródia de Sherazade.
  • Na cena em que o Génio come hamburgeres na sala de jantar, um dos retratos na parede é da Margarida.

Conteúdos similares[editar | editar código-fonte]