O Último Membro do Clã McPatinhas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Último Membro Clã Mac Patinhas é o primeiro capítulo de A Saga do Tio Patinhas, de Don Rosa.

A História[editar | editar código-fonte]

Esta saga começa no ano de 1870, na Escócia, Patinhas vivia na casa de campo do seu pai, Fergus Mac Patinhas e sua mãe, Donilda O'Pata. Na véspera do 10º aniversário de Patinhas, Fergus leva-o a conhecer o castelo dos Mac Patinhas. Fergus conta que o clã havia conquistado a colina aos saxões e construído o castelo para servir de base e residência a todos os descendentes. Infelizmente, em 1670, uma terrível maldição caiu sobre o castelo e a família Mac Patinhas caiu na ruína. Nessa noite, Fergus constrói uma caixa de engraxador para Patinhas trabalhar e aprender a ganhar o seu dinheiro. Para o irmão de Fergus, Jake, a sua ideia não valia um cêntimo. Na realidade valia "o" cêntimo. No dia seguinte, Patinhas vai trabalhar nas ruas de Glasgow. O seu primeiro cliente burla-o pagando-lhe com uma moeda de dez cêntimos americana, a moeda Número Um. Então, Patinhas decide trabalhar como grumete durante três anos num barco com destino a Nova Orleães, na América, para depois viajar para Louisville em Kentucky a fim de encontrar o seu tio Angus.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • neste capítulo, Tio Patinhas ganha a número graças a um estratagema do seu pai, embora nunca venha a saber isso;
  • Na saga, o castelo Mc Patinhas foi amaldiçoado pelo Clã Whiskerville, embora na série de animação DuckTales, o castelo foi amaldiçoado por druidas.

Ordem de capítulos[editar | editar código-fonte]