O Amor das Três Laranjas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lyubov k Tryom Apelsinam
O Amor das Três Laranjas
Idioma original russo
Compositor Sergei Prokofiev
Libretista Sergei Prokofiev
Número de atos 4
Número de cenas 10
Ano de estreia 1821
Local de estreia Chicago

O Amor das Três Laranjas (em russo: Любовь к трём апельсинам, transl. Lyubov k Tryom Apelsinam) é uma ópera composta em 1919 por Sergei Prokofiev,[1] para um libreto baseado na peça teatral L'Amore delle tre melarance de Carlo Gozzi. Por sua vez, a peça foi baseada no conto de fadas italiano homônimo, escrito por Giambattista Basile.

A história absurda faz parte da tradição da commedia dell'arte, e trata de um jovem príncipe, amaldiçoado por uma bruxa e forçado a viajar por longas distâncias na procura de três laranjas, cada uma contendo uma princesa. O libreto foi adaptado por Prokofiev e Vera Janacopoulos a partir da tradução de Vsevolod Meyerhold para a obra de Gozzi.[1] A adaptação modernizou algumas das influências da commedia dell'arte, introduzindo certa dose de surrealismo.

Na estreia, a ópera foi cantada em francês, sob nome L'Amour des trois oranges. A estreia foi em 30 de dezembro de 1921, na Casa de Óperas de Chicago, sob condução do próprio Prokofiev.[1]

Referências

  1. a b c The Love for Three Oranges, Op 33 (em inglês). Visitado em 8 de março de 2009.