O Amuleto de Samarkand

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde Maio de 2008). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O Amuleto de Samarkand é o primeiro livro da Trilogia Bartimaeus escrita por Jonathan Stroud. É conhecida pelo uso liberal de notas de roda pé como a fala do personagem principal fazendo comentários sarcásticos.

Introdução[editar | editar código-fonte]

Um aprendiz de mago, Nathaniel, secretamente invoca um djinni de mais de 5.000 anos, Bartimaeus, para que realize um pedido seu. Ele "pede" para Bartimaeus fazer uma interessante missão: Ele precisa roubar o amuleto de Samarkand do poderoso Simon Lovelace, um mago mestre extremamente impiedoso e ambicioso. Pouco depois, percebem que estão dentro de uma grande intriga mágica que fala sobre assassinato e rebelião.

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.