O Bem-Amado (série)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde julho de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros, acadêmico)Yahoo!Bing.
O Bem-Amado
Informação geral
Formato Seriado
Criador(es) Dias Gomes
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Produtor(es) Daniel Filho
Elenco Paulo Gracindo
Lima Duarte
Emiliano Queiroz
Ida Gomes
Dorinha Duval
Dirce Migliaccio
Tema de abertura "O Bem-Amado", Coral e Orquestra Som Livre

O Bem-Amado é uma série de televisão brasileira produzida pela Rede Globo e exibida entre 1980 e 1984, originada da telenovela homônima exibida em 1973. Escrita por Dias Gomes e dirigida por Régis Cardoso e Jardel Mello.

Enredo[editar | editar código-fonte]

O prefeito Odorico Paraguaçu, um político corrupto e cheio de artimanhas, tem como meta prioritária em sua administração na cidade fictícia de Sucupira, litoral baiano, a inauguração do cemitério local e decidiu seguir o mesmo exemplo do seu pai Odorico I. De um lado, é bajulado pelo secretário gago, Dirceu Borboleta, profundo conhecedor dos lepidópteros; e conta com o apoio incondicional das irmãs Cajazeiras, suas correligionárias e defensoras fervorosas: Doroteia, Dulcineia e Judiceia. Doroteia é a mais velha, líder na Câmara de Vereadores da cidade. Dulcineia, a do meio, é seduzida pelo prefeito. E Judiceia é a mais nova -e mais espevitada. São três solteironas avessas a imoralidades pelo menos em público,e que tem uma rixa de gerações com a família Medrado constituída pela delegada Donana Medrado,o Coronel Emiliano,Sara e Carlinhos,mas o ódio de Sara acaba quando ela se apoixana por Miguel sobrinho do prefeito,os dois vivem um amor proibido! De outro, tem que lutar com a forte oposição liderada pela delegada de polícia Donana Medrado, que conta com o dentista Lulu Gouveia, inimigo mortal do prefeito e líder da oposição na Câmara atracando-se constantemente com Doroteia no plenário. E ainda com o jornalista Neco Pedreira e Tuca Medrado que tem uma paixão escondida, dono do jornal local, A Trombeta que tem ódio do prefeito por ter matado o seu pai nos velhos tempos. O meio-termo se intensifica com a presença de Nezinho do Jegue, defensor fervoroso de Odorico quando sóbrio, e principal acusador, quando bêbado! Maquiavelicamente, o prefeito arma tramas para que morra alguém, sendo sempre mal-sucedido. Nem as diversas tentativas de suicídio do farmacêutico Libório, um tiroteio na praça e um crime lhe proporcionam a realização do sonho. Para obter êxito, Odorico traz de volta a Sucupira um filho da terra: Zeca Diabo, um pistoleiro redimido, que recebe a missão de matar alguém para a inauguração do cemitério, e a paixão entre Mariana e Eugênio filho de Zeca Diabo. Como se não bastasse, Odorico ainda tem que enfrentar os desaforos de Juarez Leão, médico da oposição, que se envolve com sua filha Telma e faz um bom trabalho em Sucupira, salvando vidas para desespero de Odorico,e por fim a perua Alaíde Cajazeira a única tia viva das irmãs ,que tem um amor platônico pelo Juarez que sofre assédios da perua, e a cantora Laura Trancoso que decide tirar suas férias em Sucupira e se apaixona pelo Jairo Portela.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]