O Céu e o Inferno

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O Céu e o Inferno
A Justiça Divina Segundo o Espiritismo (alternativo)
Le Ciel et l'Enfer ou La Justice Divine Selon le Spiritsme
Le Ciel et l'Enfer Kardec.jpg
Publicação de O Céu e o Inferno em Paris
Autor (es) Allan Kardec
Idioma francês
País  França
Assunto Doutrina Espírita
Género Filosofia Espiritualista
Série Obras Básicas do espiritismo
Lançamento 1865
Edição portuguesa
Edição brasileira
Editora FEB
Cronologia
Último
Último
O Evangelho segundo o Espiritismo
(1864)
A Gênese
(1868)
Próximo
Próximo

O Céu e o Inferno, ou A Justiça Divina Segundo o Espiritismo (em língua francesa Le Ciel et l'Enfer), é um livro espírita francês. Da codificação de Allan Kardec, foi publicado em Paris em 1º de agosto de 1865. É uma das obras básicas do espiritismo.

Sumário[editar | editar código-fonte]

A obra compõe-se de duas partes:

Na primeira, Kardec realiza um exame crítico, procurando apontar contradições filosóficas e incoerências com o conhecimento científico, superáveis, segundo ele, mediante o paradigma espírita da fé raciocinada. São expostos vários assuntos - causas do temor da morte, porque os espíritas não temem a morte, o céu, o inferno, o inferno cristão imitado do pagão, os limbos, quadro do inferno pagão, esboço do inferno cristão, purgatório, doutrina das penas eternas, código penal da vida futura, os anjos segunda a Igreja e o Espiritismo. Aborda também vários pontos relacionados com a origem da crença dos demônios, segundo a Igreja e o Espiritismo, intervenção dos demônios nas modernas manifestações, e a proibição de invocar os mortos.

Na segunda, constam dezenas de diálogos que teriam sido estabelecidos entre Kardec e diversos espíritos, nos quais estes narram as impressões que trazem do além-túmulo, e de como se deu o processo de desencarne para pessoas de diferentes tipos de caráter. A segunda parte deste livro é dedicada ao pensamento; Kardec reuniu várias dissertações de casos reais, a fim de demonstrar a situação da alma, durante e após a morte física, proporcionando ao leitor amplas condições para que possa compreender a ação da Lei de Causa e Efeito, em perfeito equilíbrio com as Leis Divinas; assim, constam desta parte, narrações de espíritos felizes, infelizes, espíritos em condições medianas, sofredores, suicidas, criminosos e espíritos endurecidos.

O Céu e o Inferno coloca ao alcance de todos, os conhecimentos do mecanismo pelo qual se processa a Justiça Divina, em concordância com o princípio evangélico: "A cada um segundo suas obras".

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Obras da codificação (em domínio público)[editar | editar código-fonte]