O Cabeleira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Cabeleira é um romance regionalista do século XIX, do autor cearense Franklin Távora.

Conta a história de Zé Gomes (o Cabeleira) e seu pai Joaquim Gomes, ambos precursores do cangaço do nordeste brasileiro, e suas desventuras por Pernambuco.

É considerado uma das maiores obras do autor, além de uma das obras pioneiras no romance regionalista nordestino.

Adaptações[editar | editar código-fonte]

A obra foi filmada em 1963, com elenco formado por Hélio Souto, Milton Ribeiro e Marlene França.

As locações se deram na cidade de Mococa, em São Paulo, e Arceburgo, em Minas Gerais.

Em 2008, o livro de Franklin Távora foi adaptado para os quadrinhos pelos roteiristas Hiroshi Maeda e Leandro Assis e pelo desenhista Allan Alex.

Em 2009 foi publicado o livro Cabeleira e outros cordéis de cangaço, escrito pelo conterrâneo do Cabeleira, o cordelista Rafael de Oliveira, pela Editora Coqueiro, do Recife.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikisource
O Wikisource contém fontes primárias relacionadas com O Cabeleira
Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.