O Carro (tarô)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O Carro no Tarô de Marselha

O Carro é o sétimo arcano maior do baralho do Tarot. Tem como figura central uma carruagem puxada por dois cavalos: um branco e um negro. A carruagem é dirigida por um rei, ou imperador[1] . Esta carta tem o número VII e a letra hebraica Zain.

Simbologia[editar | editar código-fonte]

Avanço, progresso, início de algo novo.

Resumidamente, a carta simboliza a vitória, direcção, controlo, esforço, confiança, o caminho.

Com o carro há progresso, há projectos em andamento. Simboliza a ação, que se toma a seguir a uma decisão. Aquilo que foi resolvido está a ser executado, é a realização de projectos. O simbolismo dos cavalos é evidente: o cavalo branco significa "o Bem", o cavalo negro significa "o Mal". Isto quer dizer que a pessoa que está a dirigir a carruagem deve ter força e liderança suficientes para evitar que um anule o outro. Deve ter controlo firme para manter o equilíbrio.

Mensagem[editar | editar código-fonte]

Na caminhada espiritual, este Arcano representa o momento em que o viajante passou pela encruzilhada, tomou um rumo firme e está determinado a cumprir mais etapas evolutivas.

Referências

  1. Meaning of the Chariot Tarot Card. Página visitada em 31 de janeiro de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre tarot é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.