O Caso Cláudia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O Caso Cláudia
Kátia d'Ângelo, Nuno Leal Maia e Jonas Bloch,
em destaque no cartaz do filme.
 Brasil
1979 • cor • 115 min 
Direção Miguel Borges
Roteiro Valério Meinel
José Louzeiro
Miguel Borges e Álvaro Pacheco
Elenco Nuno Leal Maia
Kátia D'Ângelo
Jonas Bloch
Luiz Armando Queiroz
Roberto Bonfim
Carlos Eduardo Dolabella
Género Policial
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

O Caso Cláudia é um filme brasileiro de 1979 dirigido por Miguel Borges. Baseado em um episódio real ocorrido em 1977, no Rio de Janeiro - o assassinato da jovem Cláudia Lessin Rodrigues, de 21 anos, na casa de Michel Frank, milionário suíço-brasileiro supostamente envolvido com o tráfico de drogas. Acusado do crime, Michel fugiu para a Suíça, onde foi morto a tiros em 1989, sem nunca ter sido julgado.[1] [2]

O acompanhamento do caso pelos jornalistas Valério Meinel (co-autor do roteiro do filme) e Amicucci Gallo, da revista Veja, foi decisivo para a divulgação pública das circunstâncias do crime, cujas investigações aparentemente estiveram sujeitas a tráfico de influência.[3] Pela reportagem "O Assassínio de Cláudia Lessin Rodrigues", Meinel e Gallo receberam o Prêmio Esso de Jornalismo em 1977.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

De seu barraco na Avenida Niemeyer, o operário Ceará vê dois homens, que chegam em um automóvel, jogarem um volume nas pedras. Informado pelo noticiário de que o corpo de uma jovem foi encontrado no local, telefona sem se identificar para uma estação de rádio, fornecendo o número da placa do carro.

Na delegacia, o detetive Guerra constata pertencer o carro à imobiliaria de Pierre Dorf, filho de Otto Dorf, figuras da alta sociedade carioca. De posse desses dados, procura Seixas, um amigo repórter. Impedidos de levar adiante a apuração do fato, passam a fazê-lo à revelia de seus superiores.

Obstinados, chegam ao esclarecimento completo do caso. Seixas publica uma reportagem onde relaciona a morte da garota com uma quadrilha de traficantes de drogas. Seixas é ameaçado de demissão do jornal e o detetive afastado do caso. Ao verem seus nomes implicados com o crime, Pierre e seu amigo Mansur contratam um advogado. Pierre foge do país e Mansur é preso.

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. 24horasNews, 22/10/2002 Os superfilhos de Brasília, por Maria Luiza Curti.
  2. O caso Claudia Lessin Rodrigues Publicado originalmente pela revista Veja, em 07/09/1977.
  3. Biografia Entrevista - José Louzeiro
Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.