O Cavaleiro Didi e a Princesa Lili

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O Cavaleiro Didi e a Princesa Lili
O-cavaleiro-didi-e-a-princesa-lili.jpg
 Brasil
2006 • cor
Direção Marcos Figueiredo
Roteiro Renato Aragão
Elenco Livia Taranto Aragão
Renato Aragão
Camila Rodrigues
Guilherme Berenguer
Género Comédia, aventura
Idioma Português
Cronologia
Último
Último
Didi, o Caçador de Tesouros (2006)
O Guerreiro Didi e a Ninja Lili (2008)
Próximo
Próximo

O Cavaleiro Didi e a Princesa Lili é um filme infantil brasileiro de 2006 do gênero Comédia, dirigido por Marcos Figueiredo baseado na obra original de Renato Aragão, com música original de Mú Carvalho.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Didi (Renato Aragão) é um cavalariço da Landnóvia e melhor amigo de Lindolfo (Werner Schünemann), o rei deste rico país. A filha única do rei, a princesa Lili, está sendo ameaçada de ser sequestrada e vive escondida numa escola interna na Suíça. Seu sequestrador foi capturado e ela volta ao reino e se torna amiga de Didi. Lili se apaixona por Juan, um plebeu do palácio, mas quando puder se casar, não poderá escolher um plebeu. Seu Primo Galante quando tinha 7 anos (Eike Duarte) era bom e gostava muito de brincar com as outras crianças, porém quando cresce e fica com 20 anos (Paulo Nigro) ele fica mau, egoísta e metido.

O pai de Lili morre quando ela era criança e o duque Jaffar planeja que Lili se case com seu filho Galante. Antes de morrer, porém o rei Lindolfo pedira a Didi que cuidasse da rainha Valentina e da princesa além de revelar-lhe que ele era o Cavaleiro Misterioso herói o reino da Landnóvia a gerações e passando esse encargo a Didi.

14 anos se passam e Lili tem que escolher o noivo. Jaffar tem um plano e ela acaba escolhendo para noivo Galante. Porém, Juan, agora capitão da guarda, quer fazer de tudo para provar que Jaffar e Galante são maus. Juan consegue desmascarar Jaffar e Galante, com a ajuda de Didi como Cavaleiro Misterioso, e eles tentam fugir, mas Juan dá uma surra em Galante, que vai para a cadeia junto com Jaffar. Após isso a rainha Valentina nomeia o Cavaleiro Misterioso Sir Didi e renuncia em favor de sua filha que nomeia Juan Barão Valente e estes então se casam.

Lili e Juan tem uma filha, Galante tem um sobrinho de 7 anos (Eike Duarte), mas este não é mau, todos na escola são amigos dele e ele e a filha de Lili e Juan gostam um do outro.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Livia Taranto Aragão Princesa Lili criança
Princesa Livy
Renato Aragão Didi
Camila Rodrigues Princesa Lili adulta
Guilherme Berenguer Juan adulto
Sérgio Mamberti Duque Jafar
Vera Holtz Rainha Valentina
Matheus Massaferi Juan criança
Eike Duarte Galante criança
Sobrinho de Galante
Paulo Nigro Galante adulto
Fabiano Ferreira Guarda
Werner Schünemann Lindolfo
Rosamaria Murtinho Sarah
Cláudia Ventura Professora Sara
Charles Myara Um dos ministros

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.