O Confessor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Confessor
O Confessor (PT)
Autor (es) Daniel Silva
Idioma inglês
País  Estados Unidos
Género Romance policial
Editora G.P. Putnam's Sons
Lançamento 2003
Páginas 401
ISBN 0399149724
Edição portuguesa
Tradução Maria João Freire de Andrade
Editora Bertrand Editora
Lançamento 2005
Páginas 462
ISBN 972-25-1439-3
Cronologia
Último
Último
O Assassino Inglês
2002
Morte em Viena
2004
Próximo
Próximo

O Confessor (em inglês The Confessor) é o título de um livro de ficção sobre espionagem do escritor norte-americano Daniel Silva, publicado pela primeira vez no ano 2003.[1] [2]

Faz parte de uma “trilogia acidental sobre o tema inesgotável do Holocausto” (Daniel Silva), encena uma crise na Igreja Católica, questiona a conivência do Vaticano com as atrocidades cometidas pelo regime Nazi, e inicia-nos nos meandros da vida dupla de Gabriel Allon, talentoso restaurador de arte e ex-agente dos Serviços Secretos de Israel. A história cruza as vidas de três personagens emblemáticas: um Papa que pretende revolucionar a Igreja e abrir os arquivos do Vaticano; um assassino a soldo que é um mito na história do crime europeu; um anti-herói obcecado com a ideia de vingança e empenhado em restabelecer a verdade

Em Portugal, foi editado em 2005, com tradução de Maria João Freire de Andrade, pela Bertrand Editora.[1]

Referências

  1. a b O Confessor Base Nacional de Dados Bibliográficos (Porbase) da Biblioteca Nacional de Portugal. Acesso 2012-11-23
  2. The Confessor (Em Inglês na Base de Dados da Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos. Acesso 2012-11-23

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.