O Diário da Princesa (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
The Princess Diaries
O Diário da Princesa (PT/BR)
 Estados Unidos
2001 • cor • 115 min 
Direção Garry Marshall
Roteiro Gina Wendkos
Elenco Julie Andrews
Anne Hathaway
Hector Elizondo
Heather Matarazzo
Mandy Moore
Género comédia
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

The Princess Diaries (br / pt: O Diário da Princesa) é um filme estadunidense de 2001, do gênero comédia, dirigido por Garry Marshall. O filme é baseado em livro homônimo para adolescentes, escrito por Meg Cabot.

O filme teve uma continuação em 2004, com o nome The Princess Diaries 2: Royal Engagement, em português, O Diário da Princesa 2: O Casamento Real.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Mia é uma garota de 16 anos tímida e insegura que acredita que seu único objetivo na vida é ser invisível. Tímida e desajeitada, ela é apaixonada por Josh Bryant, um dos garotos mais bonitos e vaidosos do colégio, mas ele namora Lana Thomas, uma líder de torcida fútil e arrogante que tem como passatempo zombar de Mia, e ainda tem que lidar com a situação de sua mãe namorar um de seus professores. Esse pensamentos e situações mudam radicalmente quando ela conhece Clarisse Renaldo, sua avó e rainha de Genóvia, um pequeno país na Europa, e que quer a todo custo colocar Mia no trono do país, já que seu filho e pai de Mia, Phillipe, era o príncipe governador de Genóvia, antes de morrer. Assustada com a descoberta, Mia acaba revelendo seu segredo para a desajustada Lilly Moscovitz, sua melhor amiga, e Michael, irmão mais velho de Lilly e apaixonado por Mia em segredo. O segredo porém acaba sendo revelado por um dos funcionários de Clarisse, colocando então a pacata vida de Mia Thermopolis de cabeça para baixo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o

Recebeu uma indicação no MTV Movie Awards, na categoria de Melhor Revelação Feminina, para Anne Hathaway.

Comparação com o livro[editar | editar código-fonte]

Essas são algumas diferenças entre o filme e o livro de Meg Cabot:

  • No livro, o pai de Mia, Phillipe Rinaldi, não está morto.
  • A idéia que temos no filme é que Clarisse Rinaldi é um avó bondosa, mas no livro, é uma megera que só anda de roxo e tatua as sobrancelhas.
  • O diário foi dado a Mia pela sua mãe, como uma forma de expressar seus sentimentos, e não como presente de aniversário do pai.
  • Michael não trabalha numa borracharia, e não estuda com Mia, pois é um veterano. Ele era muito mais próximo de Mia, pois conversavam bastante e ele a ajudava em álgebra.
  • O namorado de Lilly se chama Boris Pelkowski e é violinista, não um mágico chamado Jeremiah. E ele não tinha cabelos vermelhos, eles no livro eram loiros.
  • Os sobrenomes de Lana e Josh estão errados, é Weinberger e Richter, respectivamente, não Thomas e Bryant.
  • Helen namora o professor de álgebra de Mia, sr. Gianini.
  • Paolo faz uma mudança radical em Mia, e lhe deixa com cabelos curtos, repicados e louros.
  • Fat Louie é laranja e não preto e branco.
  • O guarda-costas de Mia se chama Lars não Joe.
  • No filme, a única amiga de Mia é Lilly, mas no livro ela tem Shameeka, Tina Hakim-Baba e Ling Su.
  • A festa em que Mia dá o primeiro beijo foi na escola com Josh e não na praia e nunca sonhou em levantar o pé durante o beijo.
  • Mia tinha 14 anos quando descobriu ser herdeira do trono de Genovia.
  • Como Mia só tinha 14 anos, e não podia dirigir, ela não tinha nenhum carro, então a cena em que bate num trem não poderia existir.
  • No livro, antes de Mia namorar Michael, ela namora com Kenny, sua dupla durante as aulas de Biologia.
  • No livro Mia mora em Manhattan não em São Francisco
  • No livro, quando Mia briga com Lilly, ela passa um tempo com Tina, não com a Lana Weiberger.
  • No livro, Mia ia ao baile da diversidade cultural com o Josh Richter, mas no filme, a cena nunca existiu.
  • No livro, A Mia iria herdar um principado, mas no filme, ela era herdeira de um pequeno reino.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • Hector Elizondo treinou basquetebol durante horas e sozinho, na chuva, para os poucos segundos mostrados no filme.
  • O local nos Estúdios Disney, em Burbank, onde foram realizadas as filmagens de O diário da princesa, são os mesmos onde foram realizadas as filmagens de Mary Poppins, em 1964. As locações receberam o nome Julie Andrews em homenagem à atriz, que estrelou os dois filmes.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]