O Dragão da Maldade contra o Santo Guerreiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O dragão da maldade contra o santo guerreiro
 Brasil
1969 • cor • 100 min 
Direção Glauber Rocha
Roteiro Glauber Rocha
Elenco Maurício do Valle
Odete Lara
Othon Bastos
Hugo Carvana
Género aventura / western
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

O Dragão da Maldade contra o Santo Guerreiro, é um filme brasileiro de 1969, do gênero aventura e western, dirigido por Glauber Rocha.

O filme é conhecido internacionalmente como Antonio das Mortes, nome do protagonista, e que apareceu em outro filme do diretor, Deus e o Diabo na Terra do Sol (1964).[carece de fontes?]

Apesar da história simples, o diretor Gláuber Rocha a conta de uma forma alegórica, misturando cordel e ópera, priorizando a música e os ritos folclóricos próprios da população nordestina.Glauber envolve a narrativa dentro do olhar metalinguistico comum ao cinema novo. A camera arrastada e a música vibrante Nordestina dão quase uma impressão de continuação a Deus e o Diabo. Por muitos é considerado a obra prima do Mestre Glauber, que mistura o ritual antropofagico Nordestino, sua "seita" e seu folclore ao encontro apoteótico com uma forma diferente de se fazer cinema, seguindo os paremetros do cinema novo -já passado a fase experimental da primeira leva de filmes.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Antônio das Mortes é contratado para matar um novo líder cangaceiro que surge no interior do Brasil. Ele realiza sua missão, mas ao fazê-lo reflete sobre todas as suas ações passadas e, numa crise de consciência, entra em confronto com jagunços e um velho coronel que domina a região.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Por esse trabalho, recebeu o Prêmio de Melhor Diretor do Festival de Cannes.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências