O Homem Mais Rico da Babilônia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Homem Mais Rico da Babilônia é um livro escrito por George S. Clason.[1]

Trata-se de uma coletânea de parábolas escritas por Clason a partir de 1926 e distribuídas, sob a forma de panfletos, em bancos e companhias de seguro norte-americanas.

As parábolas são ambientadas na antiga Babilônia e trazem ensinamentos sobre assuntos financeiros: Planejamento financeiro, a importância de se poupar, empréstimos, entre outros.

Considerado como um dos melhores livros da área de finanças, O Homem Mais Rico da Babilônia alcançou excelente vendagem nos Estados Unidos e no Brasil.[2]

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre economia é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.