O Imperador-Deus de Duna

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde Fevereiro de 2008).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
God Emperor of Dune
O Imperador-Deus de Duna (BR)
Autor (es) Frank Herbert
Idioma Inglês
País  Estados Unidos
Género Ficção científica, novela
Série Duna
Arte de capa Bruce Pennington
Editora Estados Unidos Putnam
Lançamento 28 de maio de 1981
Edição portuguesa
Edição brasileira
Tradução Jorge Luiz Calife
Editora Brasil Nova Fronteira
ISBN ISBN 852091313X
Cronologia
Último
Último
Os Filhos de Duna
Os Hereges de Duna
Próximo
Próximo

O Imperador-Deus de Duna (no original, God Emperor of Dune) é o quarto livro da série criada pelo escritor estadunidense Frank Herbert, iniciada em Duna, e publicado em 1981.

Conta a saga do filho de Paul Muad'Dib (o tirano Leto II)[carece de fontes?] que se tornou um híbrido de humano e verme da areia, considerado Imperador Deus de Duna.

Herbert, que na série Duna já abordara os aspectos político-religiosos e psicológicos do messianismo, examina agora uma tirania[carece de fontes?] semi-religiosa. A pergunta marcante dos livros anteriores — pode-se mudar a História? — desloca-se da profecia e da guerra para as disputas sobre a fé, a fidelidade, a crença. Ressalta-se que nas mitologias e nas religiões é a invenção que cria história, tanto no passado quanto no futuro. Misturando elementos da cultura islâmica e da sociedade medieval com outros da Antigüidade e dos primórdios do Cristianismo, Herbert dá uma chave para a compreensão das múltiplas forças que compõem e direcionam os caminhos de Duna (e também os nossos): guerras e intrigas, mas igualmente a capacidade de persuasão das palavras.


Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.