O Jeca e o seu Filho Preto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jeca e o seu filho preto
Mazzaropi.jpg
 Brasil
1978 • cor • 104 min 
Direção Pio Zamuner, Berilo Faccio
Produção PAM Filmes
Roteiro Rajá de Aragão
Amácio Mazzaropi (argumento)
Elenco Amácio Mazzaropi
Geny Prado
Yara Lins
Carmen Monegal
David Neto
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

Jeca e o Seu Filho Preto é um filme brasileiro de 1978 do gênero "Comédia", dirigido por Pio Zamuner e Berilo Faccio. O filme é protagonizado pela dupla Amácio Mazzaropi e Geny Prado. O roteiro é de uma história do comediante, que, em plenos anos 70, com seu jeito simples, falou às multidões sobre um assunto sério: o preconceito racial.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Zé e Bomba são os pais de um casal de filhos homens, Laurindo e Antenor. Mas Antenor é negro e seus pais são brancos, fato que o casal não entende mas aceita como "coisa de Deus". Quando Antenor começa a namorar com sua amiga de infância Laura, as coisas se complicam ainda mais pois a moça é branca e filha do patrão de Zé, o seu "Cheiroso", que não admite que os dois fiquem juntos. Seu Cheiroso começa a perseguir Antenor e a família e quer expulsá-los de sua fazenda, mas não consegue impedir que o casamento entre os jovens seja marcado, com a ajuda de seu compadre Pacheco que devido a isso se torna seu inimigo. No dia da cerimônia, um crime acontece e no final o mistério do nascimento de Antenor será revelado.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ficha Técnica[editar | editar código-fonte]

Números musicais[editar | editar código-fonte]

  • Despertar do sertão (Canta Mazzaropi)
  • Maria do Mar (Canta Gilda Valença)

Ligaçôes Externas[editar | editar código-fonte]