O Minotauro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Minotauro é um livro infantil escrito por Monteiro Lobato e publicado em 1939 e que relata as aventuras dos netos de Dona Benta na Grécia Antiga.

A festa de casamento de Branca de Neve com o Príncipe foi interrompida pelo ataque dos monstros da Fábula. Dona Benta, Pedrinho, Narizinho, Emília e o Visconde conseguiram escapar mas, Tia Nastácia, que estava atarefada preparando mil faisões e andando pelas várias cozinhas do palácio, acabou perdendo-se em meio ao tumulto, e ninguém sabia o que lhe tinha acontecido, só sabiam que era preciso encontrá-la! O pessoal, então, organiza uma expedição de busca, e parte para a Grécia em busca de tia Nastácia. Lá, Dona Benta e os meninos mergulham num mundo novo e desconhecido.

Fídias no Partenon
Teseu e o Minotauro
Capítulos
  1. Uma aventura puxa outra
  2. Rumo à Grécia
  3. Desembarque na Grécia de Péricles
  4. Em casa de Péricles
  5. Discussões em Atenas
  6. Fídias nocaute
  7. Visita às obras do Partenon
  8. A estátua de Palas Atena
  9. O pó número dois
  10. Nos campos da Tessália
  11. O sonho de Pedrinho
  12. Em marcha para o Olimpo
  13. Em procura de Hércules
  14. Dona Benta e Sócrates
  15. Batatas e Sócrates
  16. A Hidra de Lerna
  17. Ninfas, Náiades, Dríades e Sátiros
  18. Os narizes de Atenas
  19. Os gregos visitam o iate
  20. A Esfinge e o Oráculo de Apolo
  21. No Labirinto de Creta
  22. Sófocles aparece
  23. A Panatenéia
  24. Finis



Lobato arte.jpg Este artigo é somente um esboço sobre a obra de Monteiro Lobato. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.