O Mistério do Cinco Estrelas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O Mistério do Cinco Estrelas
240px
Autor (es) Marcos Rey
Idioma Português
País  Brasil
Ilustrador Alê Abreu
Arte de capa Alê Abreu
Editora Ática
Lançamento 1981
Páginas 127
ISBN 8526009982

O Mistério do Cinco Estrelas é um livro do escritor Marcos Rey lançado no ano de 1981 pela Série Vaga-Lume. Atualmente já foram vendidos mais de 3 milhões de exemplares, sendo presença obrigatória nas bibliotecas de escolas de todo o país.

== O
A trama gira em volta do Emperor Park Hotel, um luxuoso cinco-estrelas de São Paulo que abriga muitas pessoas importantes. Léo, o mensageiro do hotel, vê um homem no quarto de um importante hóspede permanente do hotel, o Barão. Posteriormente, vê alguém debaixo da cama do morador do 222. A sua procura, encontra o cadáver do estrangeiro Ramón Vargas, na lavanderia do Hotel. A partir daí, uma série de surpresas e um clima de suspense toma conta de sua vida. Quem acreditaria na palavra daquele simples mensageiro? Quem acreditaria que ele seria inocente quando, contra a palavra dele, há a de um poderoso hóspede do hotel? Gino, Ângela e Guima (Guimarães) resolvem ajudá-lo a resolver esse mistério e salvar suas próprias vidas postas em risco ao longo da investigação.

Léo, Gino e Ângela[editar | editar código-fonte]

== Léo,o líder do grupo e quem ficou envolvido no mistério. Gino, é paraplégico, primo de Leo e o intelectual do trio. Porém, se sentia rebaixado devido as suas condições físicas, ele era cadeirante. É apaixonado por Angela, mas não revela essa paixão para não enfrentar seu primo.Ângela, uma moça de classe alta, por quem Léo era apaixonado. ==

O trio de detetives juvenis criado por Marcos Rey em O Mistério do Cinco Estrelas também aparece em outras aventuras, como [O Rapto do Garoto de Ouro], [Um cadáver ouve rádio

com os mistérios acontecendo em importantes centros culturais e bairros históricos; como em O Rapto do Garoto de Ouro, cujo cenário é o bairro Bela Vista, popularmente conhecido como Bairro do Bixiga ).

À medida que as aventuras do trio se desenvolvem na quadrilogia, alguns traços de personalidade, influenciados pelas culturais e classe social de cada um dos membros do trio definem o tom da relação interpessoal que têm. Léo é garoto de família simples, apaixonado por Ângela, menina rica e moradora do bem conhecido bairro dos Ingleses, na capital Paulista. Gino é paraplégico, primo de Léo e o intelectual do trio; porém, mais de uma vez ao longo dos contos, dá mostras de que se sente diminuído pela sua condição física que, supostamente, o detrairia de Ângela, por quem nutre uma paixão secreta sem nunca, contudo, atravessar o caminho do primo. Léo, por sua vez, enfrenta resistência dos pais de Ângela que têm planos diferentes para seu futuro.

A estrutura básica de depicção de personagens, com cada um incorporando o quarteto "sentimento, instinto, cálculo e sensação" é respeitada; contudo, na falta de um quarto elemento que personifique sozinho, como de hábito, um dos quatro atributos, Marcos Rey alterna as características de personalidade dos personagens, sedimentando um pouco da faltante naquele momento a algum personagem específico (e em alguns casos, a todos), complementando assim, de forma convincente o quadripé do desenvolvimento tradicional da história e dos protagonistas. Esse recurso não é exclusivo do estilo de Marcos Rey e sim bastante comum em contos infanto juvenis que simplificam tanto o número quanto a complexidade do caráter das personagens.

Outros títulos da série[editar | editar código-fonte]

O Rapto do Garoto de Ouro ( 1982 )
Um Cadáver Ouve Rádio ( 1983 )
Um Rosto no Computador ( 1994)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Marcos Rey

Série Vaga-Lume pela Editora Ática