O Mundo da Xuxa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Dezembro de 2008).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Emblem-scales.svg
A neutralidade desse artigo (ou seção) foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão.
Justifique o uso dessa marca na página de discussão e tente torná-lo mais imparcial.


O Mundo da Xuxa
Localização São Paulo,  São Paulo,  Brasil
Endereço Avenida das Nações Unidas, 22.540
Website - www.omundodaxuxa.com.br
Proprietário Xuxa Meneghel - Xuxa Produções
Gerente geral Marcelo Beraldo da Silva
Aberto em 17 de Julho de 2003 (em atividade)
Antigos nomes Parque do Gugu
Funcionamento De Terça a Sexta das 10:30 às 16:30, aos finais de semana das 11h às 19h.
Área 15.000 m²
Atrações 20
Slogan Um mundo de sonhos e fantasias

O Mundo da Xuxa é um parque de diversão brasileiro, localizado na cidade de São Paulo. Considerado o maior parques de diversão in-door (coberto) da América Latina, segundo a Associação de Empresas de Parques de Diversão do Brasil (Adibra), o parque possui 20 atrações importadas, distribuidas em seus 15 mil . Tudo especialmente decorado e desenvolvido para o público em geral, especialmente para as crianças, o parque conta com uma grande infra-estrutura, que transporta seus visitantes para um mundo de sonhos e fantasias.

História[editar | editar código-fonte]

Xuxa inaugurou o parque temático com seu nome em 17 de julho de 2003, quase 20 anos depois de ter começado a apresentar programas na TV.

O local, uma área de 15 mil metros quadrados dentro do shopping SP Market, na Zona Sul de São Paulo, já havia sido ocupado pelo Parque do Gugu de 1997 a 2003. O valor gasto com compra de brinquedos e construção inicial foi de R$ 20 milhões em 1997. Quando passou para as mãos de Xuxa, a maior parte dos brinquedos foi aproveitada com pequenas adaptações e grandes mudanças na cenografia.

A assessoria do Mundo da Xuxa não confirma o valor do investimento para a abertura, mas as notícias da época falam em R$ 15 milhões. Os gastos ficaram concentrados na reforma da infra-estrutura e na adaptação da identidade visual para a nova marca.

Fazer um parque temático próprio foi aposta em território sólido: produtos da marca Xuxa, desde filmes e CDs a roupas e xampus, são sucessos de vendas garantido. O DVD “Só Para Baixinhos 7”, da Xuxa, ficou em 8º no ranking dos mais vendidos no Brasil em 2007 elaborado pela Associação Brasileira dos Produtores de Discos (ABPD).

Diversão[editar | editar código-fonte]

Por ficar dentro de um shopping, a iluminação é toda artificial. Mesmo assim, o lugar é colorido e enfeitado, deixando o ambiente parecido com um "sonho de criança" gigantesco: soldadinhos de chumbo, princesas, castelos, lápis e livros de grandes proporções são alguns dos itens cenográficos que demosntram fantasia e imaginação. A trilha sonora completa o clima de festa infantil: músicas da Xuxa e outras canções para crianças.

A apresentadora sempre que possível está presente no empreendimento. Quem quiser realizar o sonho de ver de perto um show com paquitas pode vê-las acompanhadas com toda a Turma da Xuxinha em apresentações diárias que divertem crianças e adultos. Além disso, a loirinha é representada na decoração: a letra X, sua marca registrada, estampa tapetes, pisos e paredes. A entrada de um dos brinquedos, o Simulador X, é uma grande esfinge com o rosto da Xuxa. Nem o uniforme dos funcionários escapa: todos usam camisetas com ombreiras vermelhas e cordões pintados, uma referência à roupa de seus assistentes na TV, as paquitas e os paquitos.

Anualmente, 600 mil visitantes passam pelo parque, onde trabalham 160 pessoas, entre funcionários, promotores e terceirizados.

Atrações[editar | editar código-fonte]

Brinquedos giratórios, carrinhos de bate-bate, splash e montanhas-russas dividem espaço com piscina de bolinhas, casa da Xuxinha e parede de escalada.Entre as atrações presentes no parque estão:

  • Bosque dos Duendes: Oito barquinhos em forma de troncos, levam os passageiros a uma viagem encantadora por um bosque em meio à Duendes e Fadas. No final do trajeto o barquinho desce uma pequena queda, molhando a todos.
  • Montanha-Russa O Mundo da Xuxa: No começo do percurso o trem leva os passageiros para dentro de uma página de um livro, logo em seguida curvas emocionantes levam os passageiros por um passeio ao mundo da Xuxa.
  • Simulador X: Nesse cinema, as poltronas se movem, reproduzindo a sensação do filme que está sendo exibido.
  • Roda-roda da Xuxa: Um bule ao meio, leva as xícaras, onde as crianças giram sem parar em várias direções!
  • Vale do Sol: Circuito interativo, onde as crianças encontram pontes suspensas, redes, túneis, terminando em um escorregador em espiral. Tudo isso dentro da boca de um Sol enorme.
  • Coelho Fufu: O Coelho Fufu sobe e desce uma corda, atrás dos Ratinhos, e não se cansa de tentar alcançá-los.
  • Balanço Teddy: Aqui os baixinhos irão girar e balançar em peixinhos que estão acoplados ao Polvo Teddy.
  • Keka Móvel: O Keka Móvel, leva as crianças a um passeio nas alturas. Os veículos giram e sobem até alcançarem o "céu" do parque.
  • Casa da Xuxinha: A Xuxinha convida os baixinhos a conhecerem sua casa que parece de verdade. Tudo na casa é rosa, e decorado com o X, com móveis e objetos em pequenos formatos.
  • Bate-bate do Guto: Os carrinhos, modernos e com um design super colorido, são dirigidos pelas crianças, que podem bater à vontade,
  • Passeio de Trenzinho: "Preparar para embarcar! Sejam bem vindo ao Expresso X!" essa atração te convida a um passeio super legal de Maria Fumaça com toda a família.
  • Livro "Era uma vez...": No livro "Era uma vez...", realidade e fantasia se sobrepõem. Sentadas numa arquibancada, as crianças assitem a uma peça de teatro que envolve fantoches e atores.
  • Parabéns: é um gigantesco bolo, projetado para realização de festas de aniversário e eventos.
  • Cabum: Segure-se! O Cabum reserva uma grande surpresa, após uma subida suave, as cadeiras descem em pequenas quedas, provocando um pequeno frio na barriga e divertindo a todos...
  • Trilha X: Quem disse que só gente grande pode dirigir?! No mundo da Xuxa isso não é verdade. As crianças entram em carros, motos, ônibus e caminhões que seguem um circuito que simula uma estrada de verdade.
  • Radical X: Um percurso de muita aventura e adrenalina no meio do bosque que termina em uma tirolesa.
  • Fábrica de Chocolates: Nesta atração os visitantes fazem um divertido passeio a bordo de carrinhos (com capacidade para 2 pessoas cada), no passeio as crianças conhecem todo o processo de fabricação do chocolate. No final, o desembarque é feito através de uma grande loja de chocolates.

Alimentação[editar | editar código-fonte]

Toda a alimentação do parque fica a cargo do McDonald's (com exceção do carrinho de algodão-doce). Além de uma loja tradicional da marca, com hambúrgueres e fritas, e um ponto do McCafé, a empresa administra também os carrinhos de cachorro-quente e pipoca. É o único lugar do Brasil em que o McDonald's serve este tipo de lanches.

  • McDonald’s - lanchonete em forma de cheese burguer gigante com um copo de refrigerante igualmente enorme ao lado. O cardápio é o mesmo das outras lojas da rede no País. A rede também opera um McCafé no parque e os quiosques de pipoca e de cachorro-quente.
  • Carrinho de algodão-doce - único quiosque que não é administrado pelo McDonald’s no parque, serve algodão-doce e outros doces de fabricação própria do parque.

Infra-Estrutura[editar | editar código-fonte]

Infra-estrutura do parque

A área total do parque é de 15 mil metros quadrados. Com 19 atrações, entre brinquedos eletrônicos e interativos, o parque tem capacidade para receber até 3.000 pessoas por dia. Anualmente, recebe 600 mil visitantes. Para atender esse público, o parque emprega cerca de 160 pessoas, entre funcionários, promotores e terceirizados.

Sanitários, bebedouros e assentos

O visitante encontra três banheiros comuns, um familiar (para pais com crianças pequenas) e um para deficientes físicos. O visitante encontra bebedouros em frente aos sanitários comuns. Oito bancos de concreto coloridos estão espalhados entre os brinquedos para quem quiser descansar. A visibilidade do parque é boa o suficiente para que as crianças possam brincar em vários brinquedos enquanto os pais as observam dos bancos.

Quiosque e pontos de alimentação

As opções de alimentação se resumem a lanches. O parque tem uma lanchonete (um McDonald’s em forma de hambúrguer), quatro quiosques de lanches e doces (cachorro quente, pipoca, algodão doce e café).

Segurança, ambulatório e fraldário

A segurança do local é garantida por uma equipe de seguranças e funcionários treinados. Em caso de acidente ou emergência, os visitantes são socorridos pela equipe do ambulatório (um médico e um enfermeiro). O parque possui também fraldário equipado com trocador, fraldas e microondas para aquecer papinhas e mamadeiras.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]