O Pagador de Promessas (teatro)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O Pagador de Promessas
Drama
Data de apresentação 1960
Autor Dias Gomes
País  Brasil
Atos III
Diretor Flávio Rangel

O Pagador de Promessas é uma peça de teatro do dramaturgo brasileiro Dias Gomes. Encenada pela primeira vez em São Paulo pelo TBC (Teatro Brasileiro de Comédia), no ano de 1960. A peça inspirou um filme homônimo, de 1962, que venceu o prêmio Palma de Ouro no Festival de Cannes.[1]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

A peça é dividida em três atos, sendo que os dois primeiros ainda são subdivididos em dois quadros cada um. A história se passa na cidade de Salvador, já em processo de modernização. O personagem principal, o sertanejo Zé-do-Burro, deseja levar uma grande cruz até o interior da Igreja de Santa Bárbara para pagar uma promessa e, ao longo do trajeto, sofre com as mentiras, com a corrupção e com a ganância da sociedade.[1]

Referências

  1. a b : O Pagador de Promessas Teatro de Amadores de Pernambuco.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Dias Gomes. O Pagador de Promessas (em Português). 1ª ed. [S.l.]: Bertrand Brasil, 2005. 174 pp. ISBN 8528603172
Ícone de esboço Este artigo sobre Teatro (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.