O Patriota (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Patriot
O Patriota[1]  (PT)
O Patriota (BR)
 Estados Unidos
2000 • cor • 175 min 
Direção Roland Emmerich
Roteiro Robert Rodat
Elenco Mel Gibson
Heath Ledger
Joely Richardson
Jason Isaacs
Chris Cooper
Género ação / drama
Idioma inglês
Cinematografia Caleb Deschanel
Página no IMDb (em inglês)
Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o

O Patriota (no original: The Patriot) é um filme estadunidense de 2000 dos gêneros ação e drama dirigido por Roland Emmerich.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Benjamin Martin é um herói do violento conflito entre os Estados Unidos e os britânicos. Viúvo e com sete filhos, desde o término da guerra ele renunciou a luta e resolveu viver em paz numa fazenda com sua família. Em 1775 se inicia a guerra que pode dar à independência política aos Estados Unidos da América e ele é chamado para combater, porém se recusa.

Entretanto, quando o exército britânico invade sua fazenda e mata um de seus filhos, Benjamin muda de atitude e se apresenta para combate em busca da vingança pela morte de seu filho. No decorrer dos combates, a guerra se torna mais do que uma vingança para ele, torna-se um dever patriótico.

Elenco[editar | editar código-fonte]


Contexto histórico[editar | editar código-fonte]

Guerra da Independência dos Estados Unidos da América[editar | editar código-fonte]

O filme se desenrola no período dessa guerra iniciada pelas treze colônias estadunidenses insatisfeitas com as imposições econômicas da metrópole inglesa. Tal insatisfação partia da burguesia colonial que se via pressionada após a Guerra dos Sete Anos. Dessa forma, era verossímil que um fazendeiro como Benjamim Martin se recusasse, a princípio, a participar de uma guerra que não lhe atingia diretamente. Assim como nessa questão, o filme é repleto de detalhes históricos envoltos por uma história fictícia, feita para dar corpo a fatos importantes da história estadunidense. Ao fim dessa guerra vitoriosa, os Estados Unidos se tornaram a primeira nação das Américas a ser independente política e economicamente [2] e a terem uma constituição própria.

Produção[editar | editar código-fonte]

Orçamento

Para atuar em O Patriota, Mel Gibson recebeu um cachê de 25 milhões de dólares, se tornando o primeiro ator da história a receber esta quantia por um único filme.[3]

Elenco e equipe

As filmagens de O Patriota exigiram 63 atores principais, 95 dublês e 400 extras.[3]

Mudanças no roteiro

O roteiro original dizia que o personagem de Mel Gibson, Benjamin Martin, teria seis filhos. Entretanto, durante as filmagens de O Patriota o próprio Mel Gibson teve seu sétimo filho. Deste modo, o diretor, em homenagem a Gibson, resolveu que Martin também teria sete filhos no filme.[3]

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Oscar 2001 (EUA)

MTV Movie Awards 2001 (EUA)

  • Indicado na categoria de melhor interpretação masculina (Mel Gibson)

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]