O Resto É Silêncio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Resto É Silêncio é um romance escrito por Érico Veríssimo e publicado em 1943.

O livro narra o suicídio de uma moça, que cai do décimo andar de um edifício em Porto Alegre. Vários personagens passam pelo local: Doutor Lustosa, um desembargador aposentado; Norival, um homem de negócios à beira da falência; Tônio Santiago, um romancista; Aristides Barreiro, um ex-deputado e rico advogado; "Sete", um vendedor de jornais; "Chicharro", um boêmio; e Marina, uma mulher angustiada.

Descrevendo as reações dessas pessoas antes e após o suicídio, Érico Veríssimo analisa o comportamento humano, ao mesmo tempo que traça o perfil de uma época.

Curiosidades:

A frase "O resto é silêncio" é a frase que termina a peça Hamlet, de Shakespeare, dita pelo próprio Hamlet, à beira da morte.

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.