O Roubo das Calcinhas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O Roubo das Calcinhas
 Brasil
1975 •  cor •  95 min 
Direção Sindoval Aguiar
Braz Chediak
Roteiro Sindoval Aguiar
Braz Chediak (história "O roubo das calcinhas")
Hugo Bidet
Ênio Gonçalves (história "O roubo das calcinhas")
Cecil Thiré
Elenco Felipe Carone
Fábio Sabag
Lady Francisco
Henriqueta Brieba
Marco Nanini
Género comédia
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

O Roubo das Calcinhas é um filme de comédia pornochanchada brasileiro de 1975 dirigido por Sindoval Aguiar e Braz Chediak. Animação de abetura de Redi.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

São dois segmentos:

O Roubo das Calcinhas

Quatro amigos estão sem dinheiro no Natal. Genaro tem a ideia de assaltar um bordel na Barra da Tijuca [1] pois acha que as vítimas não chamarão a polícia. Para conhecer o lugar, um dos amigos, Alfredo, se traveste de mulher e vai com Genaro para lá. Depois, armam um plano e voltam para executar o roubo.

I Love Bacalhau

O dono de um botequim no subúrbio, o português Manuel, ganha na loteria esportiva. Três mecânicos se acham injustiçados por quase terem ganho o prêmio e sequestram a mulher de Manuel (Filó), exigindo resgate. Manuel se recusa a pagar, pois assim se livra da esposa e pode conquistar a mulata dos seus sonhos. Sabendo disso, Filó combina com os sequestradores inverter o plano, isto é, Manuel terá de pagar o resgate se não quiser vê-la novamente.

Elenco[editar | editar código-fonte]

O roubo das calcinhas
I love bacalhau

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.