O Xangô de Baker Street (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2013). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde dezembro de 2009)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
O Xangô de Baker Street
 Brasil/ Portugal
2001 • cor • 124 min 
Direção Miguel Faria Jr.
Roteiro Patrícia Mello e Miguel Faria Jr.
Elenco Joaquim de Almeida
Anthony O'Donnell
Maria de Medeiros
Marco Nanini
Cláudia Abreu
Thalma de Freitas
Jô Soares
Maria Ribeiro
Género comédia
Idioma português / francês / inglês
Página no IMDb (em inglês)

O Xangô de Baker Street é um filme luso-brasileiro de 2001, do gênero comédia, dirigido por Miguel Faria Jr. e com roteiro baseado em livro homônimo de Jô Soares[1] .

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O filme mostra a vinda de Sherlock Holmes e seu inseparável companheiro Dr. Watson ao Rio de Janeiro no século 19. No Brasil, Holmes e Watson investigam uma série de assassinatos associados àquele que é considerado o primeiro serial killer da história.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o


Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Grande Prêmio BR de Cinema 2002 (Brasil)

  • Venceu nas categorias de Melhor Som, Melhor Edição de Som e Melhor Direção de Arte.
  • Indicado nas categorias de Melhor Filme, Melhor Direção, Melhor Ator (Joaquim de Almeida), Melhor Ator Coadjuvante (Marco Nanini), Melhor Atriz Coadjuvante (Cláudia Abreu), Melhor Roteiro, Melhor Trilha Sonora, Melhor Montagem e Melhor Fotografia.

Prêmio ABC de Cinematografia 2002 (Brasil)

  • Venceu na categoria de Melhor Direção de Arte.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • As filmagens de O Xangô de Baker Street foram realizadas em doze semanas, com locações no Rio de Janeiro e na cidade de Porto, em Portugal.
  • Jô Soares, autor do livro no qual o filme se baseou, fez uma pequena participação no filme, interpretando o Desembargador Coelho Bastos.
  • Ao todo o filme utilizou 1200 roupas e dezenas de perucas, barbas e bigodes.
  • A maior parte dos meios de transporte de época foram obtidos no Museu de Paquetá e com colecionadores particulares de São Paulo.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]