O Xote das Meninas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"O Xote das Meninas"
Single de Luiz Gonzaga
Lado B Treze de Dezembro
Lançamento maio de 1953
Formato(s) 78rpm
Gravação 5 de fevereiro de 1953
Gênero(s) xote
Duração 2:36
Gravadora(s) RCA Victor
Composição Luiz Gonzaga e Zé Dantas
Cronologia de singles de Luiz Gonzaga
Último
Último
"São João Chegou"
(1953)
"Moreninha Tentação"
(1953)
Próximo
Próximo
"O Xote das Meninas"
Single de Ivon Curi
Lado B Adeus, Gente
Lançamento junho de 1954
Formato(s) 78rpm
Gravação 31 de março de 1954
Gênero(s) xote
Duração 2:49
Gravadora(s) RCA Victor
Cronologia de singles de Ivon Curi
Último
Último
"Papai Me Gosta"
(1954)
"O Menino de Braçanã"
(1954)
Próximo
Próximo

O Xote das Meninas é um xote de Luiz Gonzaga e Zé Dantas, gravado originalmente pelo primeiro em disco RCA Victor, em 5 de fevereiro de 1953, para o suplemento de maio daquele ano, tornando-se uma das peças mais populares de seu repertório. Gonzaga regravou-o seis anos depois, para seu LP Meus Sucessos com Zé Dantas e uma versão apenas instrumental, em 1972, para o LP São-João Quente.

Segundo Zé Dantas: Seus versos iniciam cantando o mandacaru, um cacto que independe da chuva para florescer, fenômeno esse que, quando acontece no período da seca, deixa o caboclo crente de que a trovoada se aproxima. Tal superstição nos levou a estabelecer uma símile entre a flor de mandacaru, sinal prodrômico da chuva que chega dando fecundidade à terra, e a menina que, enjoando da boneca, torna-se mulher.[1]

Outras gravações[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Encarte do CD Meus Sucessos com Zé Dantas

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma canção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.