O Chiste e Sua Relação com o Inconsciente

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde janeiro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O chiste e sua relação com o inconsciente (em alemão Der Witz und seine Beziehung zum Unbewussten) é uma obra de Sigmund Freud de 1905. Por ocasião da publicação de A Interpretação dos Sonhos em 1899, Freud tratará de dar conta de uma queixa de Wilhelm Fliess sobre a presença nos sonhos do que assemelham-se ser chistes. Logo quando Freud começou sua investigação dos sonhos lhe resultou chamativa a frequência com que estruturas similares aos chistes apareceriam figuradas neles ou nas associações que davam lugares.

Bibliografía[editar | editar código-fonte]

  • Freud, Sigmund. Obras completas de Sigmund Freud. Volume VIII - O chiste e sua relação com o inconsciente (1905). [S.l.: s.n.]. ISBN 978-950-518-584-9.