O tú o ninguna

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"O Tú o Ninguna"
Single de Luis Miguel
do álbum Amarte es un Placer
Lançamento 6 de Setembro de 1999[1]
Formato(s) Gravação promocional
Download digital
Gravação 1998-1999
Gênero(s) Latin pop
Duração 3:17
Gravadora(s) Warner Music
Composição Juan Carlos Calderón
Produção Luis Miguel
Cronologia de singles de Luis Miguel
Último
Último
"Sol, Arena y Mar" (1999)
"Dormir Contigo" (2000)
Próximo
Próximo

"O Tú o Ninguna" é uma canção escrita por Juan Carlos Calderón e interpretada por Luis Miguel. Foi lançado como o segundo single do álbum Amarte es un Placer. Foi mais um na lista do cantor de singles que alcançaram a primeira posição na Hot Latin Tracks.[2] Fez parte do repertório da turnê Amarte es un Placer, sendo lançada no álbum Vivo.[3] Posteriormente foi incluída na coletânea Grandes Éxitos de 2005.[4]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Na primeira edição dos Latin Grammy Awards, a canção foi indicada na categoria "Música do Ano", porém perdeu para "Dímelo" de Mark Anthony.[5]

Charts[editar | editar código-fonte]

Ano Chart Posição
1999 Billboard Hot Latin Tracks 1[6] [7]
Billboard Latin Pop Airplay 1[6] [7]
Billboard Latin Tropical Airplay 3[6] [7]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. (inglês) Miguel Proudly Sticks To Spanish On 'Amarte' From WMI (08/10/12). Billboard. Página visitada em 14 de Setembro de 2012.
  2. (inglês) Big Sales, Label Troubles Sum Up '99 (08/01/00). Billboard. Página visitada em 14 de Setembro de 2012.
  3. (inglês) Vivo - Luis Miguel. Allmusic. Página visitada em 14 de Setembro de 2012.
  4. (inglês) Grandes Éxitos - Luis Miguel. Allmusic. Página visitada em 14 de Setembro de 2012.
  5. (inglês) Nominees For Latin Grammys (22/07/00). Billboard. Página visitada em 14 de Setembro de 2012.
  6. a b c (inglês) O Tú o Ninguna - Luis Miguel. Billboard. Página visitada em 14 de Setembro de 2012.
  7. a b c (inglês) Luis Miguel - Awards. Allmusic. Página visitada em 14 de Setembro de 2012.