Objetiva (óptica)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde abril de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Objetivas de um microscópio.

As objetivas são conjuntos de lentes posicionadas de tal modo a corrigirem aberrações cromáticas, possuirem bom poder resolução, permitir um contraste adequado de tons, possuirem uma distância focal e permitirem ajuste de foco de modo com que o observador possa usufruir das suas possibilidades e faça o seu devido uso. Estas lentes utilizadas podem ser convergente, divergente, de borda delgada, fina ou espessa.

A objetiva de um telescópio óptico, por exemplo, é em geral um grande espelho de superfície com forma aproximadamente paraboloidal (em geral uma superfície cônica de revolução) ou uma lente composta de dois ou mais elementos. Quando a objetiva é destinada a finalidades especiais em astronomia, como para uma câmera astronômica, é comum que a objetiva seja um sistema óptico composto de lentes e espelhos, como é o caso das câmeras rápidas do tipo Smith.

Outras utilizações clássicas são feitas em microscópios ópticos, câmeras fotográficas e de vídeo.

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.