Complemento verbal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Objeto direto)
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde setembro de 2012). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.

Os complementos verbais completam o sentido dos verbos transitivos. Estes complementos podem ligar-se ao verbo através de uma preposição ou sem o auxílio dela.[1] Quando há necessidade de preposição, o complemento verbal é chamado de objeto indireto; quando ela não é necessária, o complemento verbal é chamado de objeto direto. Alguns verbos podem aceitar ao mesmo tempo um objeto direto e outro indireto. Em alguns casos, por questões de estilo, adiciona-se uma preposição ao objeto direto. Neste caso o objeto direto é dito preposicionado.

Exemplos[editar | editar código-fonte]

  • Aviões sabem voar porque possuem asas. - Asas é o objeto direto do verbo possuir.
  • Gosto de escrever. - De escrever é o objeto indireto do verbo gostar.
  • Neguei tudo aos impostores. - Tudo é objeto direto e aos impostores é objeto indireto do verbo negar.
  • Ele ama a Deus - A Deus é um objeto direto preposicionado. Observe que o verbo amar não exige a preposição.

Objeto direto[editar | editar código-fonte]

Objeto direto é o termo da oração que completa o sentido de um verbo transitivo direto.[2] O objeto direto liga-se ao verbo sem o auxílio de uma preposição. Indica o paciente, o alvo ou o elemento sobre o qual recai a ação.

Identificamos o Objeto direto, quando perguntamos ao verbo: "o quê" A resposta será o 'Objeto Direto'

Exemplos[editar | editar código-fonte]

Vós admirais os companheiros. -Perguntamos, ós admirais o quê? A resposta é os companheiros, que é o objeto direto.
Nós amamos Julieta. -Perguntamos, nós amamos quem? A resposta é Julieta, que é o objeto direto da oração.
Maria vendia doces. -Perguntamos, Maria vendia o que? A resposta é doces, que é o objeto direto.
Ivano ama Hortênsia. -Perguntamos, Ivano ama quem? A resposta é Hortênsia, que é o objeto direto.
Jonas ama Ana. - Perguntamos Jonas ama quem? A resposta é Ana que é objeto direto

Objeto direto preposicionado[editar | editar código-fonte]

Há casos, no entanto, que um verbo transitivo direto aparece seguido de preposição, que, por sua vez, precede o objeto direto. Nesses casos temos o chamado objeto direto preposicionado.

  • Ex: Vós tomais do vinho. -Esta construção se faz da contração de termos como: Vós tomais "parte" do vinho

O objeto direto é obrigatoriamente preposicionado quando expresso:

  • Por pronome pessoal oblíquo tônico;
  • Pelo pronome relativo "quem", de antecedente claro;
  • Por pronome átono e substantivo coordenados.

Objeto indireto[editar | editar código-fonte]

O objeto indireto é o termo da oração que completa um verbo transitivo indireto,[2] sendo obrigatoriamente precedido de preposição.

Identificamos o Objeto indireto, quando perguntamos ao verbo: quaisquer perguntas sem ser o quê. A resposta será o objeto indireto.

Objeto indireto reflexivo[editar | editar código-fonte]

O objeto indireto reflexivo é o objeto indireto que indica a reflexão da ação do sujeito. Exemplo:

  • O dono da casa deu-se o prazer de uma torta.

Exemplos[editar | editar código-fonte]

  • André obedece aos pais.( André obedece a quem? Resposta: aos pais, objeto indireto.)
  • Breno obedeceu a Clara( Breno obedeceu a quem? Resposta: a Clara, objeto indireto.)

Referências

  1. Ana Paula de Araújo. Complemento Verbal (em português) InfoEscola. Página visitada em 14 de junho de 2013.
  2. a b Sabrina Vilarinho. Complementos verbais (em português) Brasil Escola. Página visitada em 14 de junho de 2013.
Wikilivros
O wikilivro Português tem uma página sobre Complemento verbal