Odo-Henrique, Duque da Borgonha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Odo-Henrique, Duque da Borgonha
Duque da Baíxa-Borgonha
Armas dos duques da Borgonha da casa dos Capetos, adoptada provavelmente por Odo II da Borgonha pela primeira vez.
Governo
Reinado Duque da Baíxa-Borgonha
Dinastia Duque da Baíxa-Borgonha
Vida
Nome completo Odo-Henrique, Duque da Borgonha
Nascimento 946
Morte 15 de outubro de 1002 (56 anos)
Castelo de Pouilly-sur-Saône, Pouilly-sur-Saône
Pai Hugo, o Grande
Mãe Hedwige da Saxônia

Odo-Henrique, Duque da Borgonha (946 - Castelo de Pouilly-sur-Saône, Pouilly-sur-Saône, 15 de outubro de 1002) foi Duque da Baíxa-Borgonha, eleito pelos condes do ducado da Borgonha, conde de Autun, de Avallon e de Beaune[1] [2] [3] .

Relações familiares[editar | editar código-fonte]

Foi filho de Hugo, o Grande (895 - 19 de junho de 956) e de Hedwige da Saxônia (922 - 10 de maio de 965), filha de Henrique I da Germânia (976 - 2 de julho de 936) e de Matilde de Ringelheim (890968). Casou por três vezes, a primeira com Gerberge de Chalon (ou Mâcon?) (947 -?), a segunda em Junho de 992 com Gersende de Gasconha (950 -?) e a terceira com Matilde de Chalon, Senhora de Donzy (975 -?), filha de Lambert de Chalon, conde de Chalon (930 - 22 de fevereiro de 978), conde de Chalon e de Adelaide de Vermandois, senhora de Donzy (950 - 980).

Só teve descendência do terceiro casamento:

  1. Aremburge de Borgonha (999 - 1016) casou com Damásio de Semur[4] (995 - 1048), Barão de Semur-en-Brionnais e Senhor do Castelo de Semur-en-Brionnais na comuna francesa de Semur-en-Brionnais em Saône-et-Loire.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Thierry Le Hête, La Dinastie Capétienne, Edição do Autor, 1ª Edição, La Bonneville-sur-Iton, 1998, pág. 13.
  2. Luiz de Mello Vaz de São Payo, A Herança Genética de D. Afonso Henriques, Universidade Moderna, 1ª Edição, Porto, 2002, pág. 284.
  3. Généalogie de Eudes sur le site FMG
  4. A Herança Genética de D. Afonso Henriques, Luiz de Mello Vaz de São Payo, Universidade Moderna, 1ª Edição, Porto, 2002. pág. 283.
Precedido por
Otão
Duque da Borgonha
965-1002
Sucedido por
Otão-Guilherme
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.