Ofensiva de Praga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ofensiva de Praga
Segunda Guerra Mundial
Prague liberation 1945 konev.jpg
Ivan Konev e seus soldados chegando em Praga e sendo saudados por uma multidão.
Data 6- 11 de maio de 1945
Local Praga, Tchecoslováquia
Desfecho Vitória soviética e dos Aliados
Combatentes
Flag of German Reich (1935–1945).svg Alemanha Nazista
Flag of First Slovak Republic 1939-1945.svg República Eslovaca
Rússia Exército Russo de Libertação
 União Soviética
Flag of Czechoslovakia.svg Resistência Tcheca
Polónia Polônia
Roménia Reino da Romênia
Comandantes
Alemanha Nazi Ferdinand Schörner
Alemanha Nazi Lothar Rendulic
Flag of Russia.svg Sergei Bunyachenko
União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Ivan Konev
Flag of Czechoslovakia.svg Karel Klapálek
Roménia Vasile Atanasiu
Roménia Nicolae Dăscălescu
Polónia Karol Świerczewski
Forças
Exército do Centro:
600 000 - 650 000
Exército de Ostmark:
430 000
União das Repúblicas Socialistas Soviéticas 1 770 700
Roménia 139 500
Polónia 69 500
Flag of Czechoslovakia.svg 48 400
Baixas
Milhares de mortos ou feridos
860 000 capturados
União das Repúblicas Socialistas Soviéticas 49 348 mortos
Roménia 1 730 mortos
Polónia 887 mortos
Flag of Czechoslovakia.svg 533 mortos

A ofensiva de Praga (em russo: Пражская стратегическая наступательная операция - "Ofensiva estratégica de Praga") foi a última grande operação da União Soviética no cenário europeu da Segunda Guerra Mundial. A batalha durou de 6 até 11 de maio de 1945, ocorrendo junto com o levante de Praga. Todos os soldados do Grupo de Exércitos Centro alemão foram capturados ou mortos.[1]

Referências

  1. Mahoney, William (2011), The History of the Czech Republic and Slovakia, Santa Barbara: Greenwood Publishing Group, ISBN 978-0-313-36305-4 
Ícone de esboço Este artigo sobre conflitos armados é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.