Og de Souza

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Og de Souza
Skate
Representante  Brasil
Nascimento Olinda, Pernambuco.
Nacionalidade  Brasil brasileiro
Nível Profissional
Projeto Skate  • Portal do Skate

Og de Souza[1] é um skatista profissional, Pernambucano nascido em Olinda, Brasil. Og começou em 1988 andar de skate, é notável como anda de skate usando somente suas as mãos por causa de poliomielite na infância. Ele anda de skate e corre campeonatos na liga Profissional de Skate.

História[editar | editar código-fonte]

Na Alemanha no ginásio de Westfallenhlen as pessoas não acreditavam que a mesmo correria na liga Mundial de Skate, Og conquista vice-campeonato no Mundial da Alemanha, e leva primeiro lugar para melhor manobra.

2005 Bob Burnquist saúda Og como herói pessoal no vídeo The Reality of Bob Burnquist.[2]

2006 Og convidado pelo ilustre Jon Humphries, para ser um dos protagonistas do documentário “Skate na Veia”,[3] sendo único brasileiro no vídeo, a capa do vídeo é os pés de Og.

2007 Og volta ser protagonista na abertura dos Jogos Parapan-americanos Rio 2007,[4] skate não estava como disputa apenas como representação dos Jogos. No mesmo ano finaliza entre os noventa e três colocados brasileiros no Rank nacional em 40° lugar[5]

Frase[editar | editar código-fonte]

"Sou igual a todo ser humano, mas admito que respiro skate. O skate mudou pra valer a minha vida, me fez ver o mundo com outros olhos", Og de Souza.

Referências


Pictograms-nps-land-skateboarding.svg Este artigo sobre um(a) skatista, integrado ao Projeto Desporto, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.