Oi (interjeição)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Oi!, olá! e alô! são interjeições que expressam um cumprimento positivo de boas-vindas. São utilizadas como saudação entre duas pessoas, ou entre um indivíduo e várias pessoas[1] .

Em situações onde uma pessoa cumprimenta várias, usa-se apenas o "Olá!", embora seja preferido outros cumprimentos, como "Bom dia!/Boa tarde!/Boa noite!".

No Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil, olá! é usado basicamente em contextos formais ou semiformais. No dia-a-dia o oi! é largamente usado tanto por jovens como adultos, apesar de vir sendo substituído, entre os mais jovens, pelo bastante informal e aí! (que é uma diminuição da expressão e aí, tudo bem?)[1] .

A palavra oi também é comumente empregada de forma interrogativa, sendo utilizada como forma de dúvida quando não se entende o que foi dito por outra pessoa. Este uso é considerado deselegante, preferindo-se o uso de como? ou perdão?[1] [2] .

Em Portugal[editar | editar código-fonte]

Em Portugal, a formalidade do cumprimento dita o uso entre o "Olá!" e o "Oi!". O primeiro é o mais amplamente utilizado; embora o seu uso esteja a diminuir com o tempo, o "Olá!" é utilizado preferencialmente em contextos formais ou entre pessoas que não se conhecem ou que se conhecem pouco. No entanto, o simples "Olá" tende a ser preferido por outras expressões mais completas como "tudo bem?" Já o "Oi!" é mais utilizado em contextos informais, entre amigos e familiares. É cada vez mais utilizado pelos jovens apesar de ainda ser facilmente reconhecido como expressão tipicamente brasileira[1] .

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]