Oktoberfest

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Oktoberfest
Jarros em massa no Oktoberfest
Nome oficial „Oide Wiesn“
Tipo Popular
Seguido por Alemanha
Brasil
Estados Unidos
Data quarto sábado em Setembro
Término primeiro domingo em Outubro

A Oktoberfest (literalmente Wiesn) é a maior festa popular do mundo, é maior do que alegou Mardi Gras em Nova Orleans ou o Carnaval do Rio de Janeiro. Criado pelo rei bávaro Ludwig I para celebrar o seu casamento em 1810. A Oktoberfest é um festival de cerveja e uma feira de produtos e diversões celebrada originalmente em Munique (München), no estado da Baviera (Bayern), no sul da Alemanha, e disseminada por vários lugares do mundo. Em Munique, a Oktoberfest se inicia em meados de setembro e termina duas semanas mais tarde, no primeiro domingo de outubro - daí o nome Oktoberfest (em alemão, "Oktober" significa outubro, e "Fest", festa ou festival, literalmente "Festa de Outubro").

No Brasil o festival começou a ser realizado em 1976 em Itapiranga/SC, e hoje é realizado em Blumenau/SC, Santa Cruz do Sul/RS, Igrejinha/RS, Marechal Cândido Rondon/PR, Ponta Grossa/PR, São Jorge d'Oeste/PR, Maravilha/SC entre outras cidades.

História[editar | editar código-fonte]

Mapa de Munique com o Parque Theresienwiese, 1812
Oktoberfest de Munique em 2007

A festa, para a qual estavam convidados todos os moradores de Munique, aconteceu num parque longe do centro, batizado Theresienwiese, em homenagem à noiva. Ainda hoje, é neste mesmo parque que acontece a Oktoberfest de Munique. O encerramento e ao mesmo tempo ponto alto da festa era a corrida de cavalos, com a presença da família real da Baviera. O enorme sucesso fez com que fosse marcada outra festa para Outubro do ano seguinte, e assim começou a tradição. O festival de Munique é o maior do mundo. Anualmente, cerca de seis milhões de visitantes participam no festival e na feira em Munique. Com a emigração dos alemães, a festa mais popular da Alemanha espalhou-se pelo planeta. Hoje existem Oktoberfest em diversos países, como: Argentina, Brasil, Estados Unidos, Hong Kong, Itália, Vietname, entre outros.

No Brasil, a Oktoberfest chegou com a cultura dos imigrantes alemães. No início do século XX, diversas sociedades, como a SOGIPA de Porto Alegre, já promoviam a Oktoberfest. Contudo, foi na década de 1980 que as Oktoberfest se transformaram em grandes festas populares, com a criação das festas nas cidades de

Oktoberfest no Brasil[editar | editar código-fonte]

Santa Catarina[editar | editar código-fonte]

A Oktoberfest de Blumenau atrai turistas do Brasil e do exterior, especialmente da Alemanha. mas também de países vizinhos da América do Sul e da América do Norte, sendo considerada a segunda maior festa alemã do mundo - atrás apenas da Oktoberfest original, em Munique.[1] Segundo o site oficial do evento, em 2009 a Oktoberfest de Blumenau, atraiu 731.934 visitantes que consumiram pouco mais de 450 mil litros de chope e 19.821 garrafas de cervejas importadas.[2] Atualmente é considerada a maior festa Alemã das Américas, e em 2013 aconteceu entre os dias 3 e 20 de outubro.[3]

Os participantes do desfile incluem grupos de dança (Tanzgruppe) nacionais e internacionais, sociedades de tiro ao alvo (Schützenvereinen), sendo que estas últimas tem suas raízes na Alemanha e contam com um histórico de mais de oitocentos anos. Também participaram sociedades de canto, de carros alegóricos, e outras. Entretanto, sempre predominam as trajes típicos germânicos(Trachten), muito chope (Bier) e comida típica dos teuto-brasileiros (Deutschbrasilianer).

No entanto, Blumenau não é a única cidade catarinense que celebra uma grande festa no mês de outubro: cidades como São Bento do Sul (Schlachtfest) Brusque (Fenarreco), Timbó (Festa do Imigrante), Jaraguá do Sul (Schützenfest), Itapiranga (que a foi a primeira a realizar a Oktoberfest), Itajaí (Marejada, festa de origem portuguesa, com destaque para frutos do mar e pescado), Santa Rosa e muitas outras, inclusive localidades situadas acima da serra, celebram festas nos mesmos moldes básicos.

Rio Grande do Sul[editar | editar código-fonte]

Pórtico do Parque da Oktoberfest de Igrejinha

No Rio Grande do Sul, a Oktoberfest é realizada em diversas cidades como Santa Cruz do Sul, Igrejinha, Cerro Largo (Oktoberfest-Missões, por estar situada na região das Missões), Portão, São Lourenço do Sul (Südoktoberfest, que significa Oktoberfest do sul), Frederico Westphalen, Alpestre, Condor, Maratá e Santa Rosa.

As maiores são a Oktoberfest de Santa Cruz do Sul, que é realizada desde 1984 e reúne cerca de 450.000 pessoas a cada edição e a Oktoberfest de Igrejinha, realizada desde 1988, que é considerada a maior festa comunitária e filantrópica do Brasil (3.000 pessoas, o que representa mais de 10% da população da cidade, trabalham voluntariamente no evento), sendo que somente em 2005 foram consumidos mais de 200 mil litros de chope em nove dias de festa, e após o evento a AMIFEST, entidade que a organiza, distribuiu mais de R$ 1.300.000,00 às entidades assistenciais de toda a região metropolitana. Também no Rio Grande do Sul é realizada a mais antiga Oktoberfest do Brasil, tendo sido realizada desde 1911 na SOGIPA (Sociedade de Ginástica Porto Alegre), clube com origem na comunidade alemã em Porto Alegre.

Paraná[editar | editar código-fonte]

A maior oktoberfest do Paraná, acontece em Marechal Cândido Rondon, região oeste do estado, que conta com a presença de mais de 60 mil pessoas por ano, o que não seria para menos, pois a cidade é conhecida como a mais germânica do Paraná. Outras grandes festas também acontecem em São Jorge d'Oeste, Rolândia, Pato Bragado e Ponta Grossa (München Fest). A München Fest destaca-se como uma boa opção de entretenimento, pois conta com variados shows de renome nacional, e um grande público, que em 2006 ultrapassou 100 mil pessoas. A iniciativa para a criação da festa foi do mestre cervejeiro Jan Strassburger para um evento que celebrasse a Cerveja Original, que era produzida na fábrica da Cervejaria Antárctica em Ponta Grossa. A cerveja acabou sendo trocada pelo chope escuro do tipo München, que também era fabricada na cidade, mas em escala suficiente para atender a demanda da festa.

Em 1990, a primeira Münchenfest foi realizada no então pátio de manobras da RFFSA, o atual Parque Ambiental Governador Manoel Ribas, no centro da cidade. Na segunda edição, no ano seguinte, a festa foi transferida para o Centro de Eventos Cidade de Ponta Grossa, planejado para a realização da festa. A partir da décima edição (1999) a Festa Nacional do Chope Escuro começou a contar também com chope claro.[4] A Oktoberfest de Rolândia apesar de nova recebe cada vez mais pessoas da muito expressiva comunidade alemã no norte do Paraná, de cidades como Londrina, Cambé e de Warta.

Olinda[editar | editar código-fonte]

Outra Oktoberfest menor é realizada em Olinda, onde os primeiros registros de alemães datam do século XVII, espalhando cultura e grandes influências nas cidades de Recife, e Olinda. A festa com carcterística nordestina é conhecida como Oktoberfest in der Altstadt von Olinda(Oktoberfest na cidade velha de Olinda). É comemorada no dia 24 de outubro desde 1960.

Ceará[editar | editar código-fonte]

A Oktoberfest Cearense acontece na cidade de Guaramiranga, tendo não somente a festa da Cerveja, mas a festa do vinho e das flores. A mistura da cultura alemã com a cearense faz com que a festa seja ainda mais animada. A Oktoberfest do Ceará surgiu no ano de 2009 com uma estimativa de no mínimo 20.000 pessoas.

São Paulo[editar | editar código-fonte]

Em São Paulo acontecem várias festas que remetem a atmosfera da Oktoberfest. Em outubro uma associação comercial do bairro do Brooklin, realiza nas ruas Joaquim Nabuco, Barão do Triunfo e adjacências, uma festa com várias barracas de comidas e bebidas típicas, atraindo cerca de 80mil pessoas por final de semana.

O Club Transatlântico, um dos pontos de encontro da comunidade alemã em São Paulo, realiza sua Oktoberfest com comidas e bebidas típicas, atrações musicais originais além da brincadeira mais tradicional das Oktoberfest’s no mundo: a competição do Chopp de metro. É o único lugar no Brasil que oferece as mesmas cervejas servidas na Alemanha - Erdinger Oktoberfest, cerveja de trigo mais consumida no mundo, só que com maior teor alcoólico e mais condimentada, e a HB, cerveja da prefeitura de Munique, também na versão sazonal Oktoberfest Bier. A Oktoberfest do Club Transatlântico em 2011 acontece dia 24 de setembro.

Oktoberfest no mundo[editar | editar código-fonte]

Cincinnati sedia a maior Oktoberfest dos Estados Unidos. Em 2002, mais de 500 mil pessoas visitaram a Oktoberfest da cidade. A Oktoberfest de Leavenworth, localizada a cerca de duas horas de distância de Seattle, Estado de Washington, também é um evento considerável, celebrando a Oktoberfest em outubro com muito estilo, tradicionalismo bávaro, e bem ao gosto dos turistas, como se faz no sul do Brasil.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Veja mais fotos da Oktoberfest.

Commons-logo.svg WikiCommons: Possui multimédia sejam imagens, vídeos ou ficheiros áudio sobre o tema Oktoberfest

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Oktoberfest no Brasil[editar | editar código-fonte]

Oktoberfest no exterior[editar | editar código-fonte]