Olga de Kiev

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Olga de Kiev
Ícone de Santa Olga (1892)
Por Mikhail Nesterov
Apóstolo dos russos; Igual aos apóstolos
Nascimento ca. 890
Morte 11 de julho de 969 (79 anos) em Kiev
Veneração por Igreja Católica
Festa litúrgica 26 de maio
Gloriole.svg Portal dos Santos

Olga de Kiev (em russo: Ольга Киевская em nórdico antigo: Helga), também chamada de Santa Olga e Olga, a Bela, foi uma Grã-duquesa de Kiev nascida em Pskov e de origem Varegue.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascida possivelmente na cidade de Pskov, Olga casou-se com Igor de Kiev, possivelmente no ano de 903.

Em 945 d.C., Igor foi assassinado por um príncipe drevliano quando recolhia impostos. Olga vingou-se do assassino de seu marido de forma crudelíssima, cercando e queimando a cidade de Ikorosten, ordenando o assassinato de inúmeras pessoas.

Após a morte de Igor, Olga governou Kiev como regente (945 e 963) até a maioridade de seu filho, Sviatoslav I de Kiev.

Olga de Kiev foi a primeira soberana russa a converter-se ao cristianismo. As cerimônias para a sua recepção formal em Constantinopla aparecem descritas minuciosamente pelo Imperador Constantino VII Porfirogênito ("o Nascido na Púrpura"), que reinou entre 913 e 959, na sua obra De Cerimoniais.

Durante o seu baptismo pelas mãos do patriarca Polieucto de Constantinopla adoptou o nome de cristão de Yelena (Helena), em honra à mãe do imperador Helena Lecapena.

Olga foi também a primeira russa a ser proclamada santa graças aos seus esforços pela propagação do cristianismo no seu país, apesar de ter ordenado uma cruel vingança pela morte de seu esposo. Embora tenha tentado exaustivamente, não conseguiu converter seu filho Sviatoslav e fazer com que ele adotasse o cristianismo como a religião do estado. Os rus' de Kievforam cristianizados sob o governo de seu neto, Vladimir I de Kiev.

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Olga de Kiev