Olho da Terra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Olho da Terra
Informação geral
Formato Minissérie
Duração aprox. 60 min.
Criador(es) Ronaldo Ciambroni
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Atílio Riccó
Elenco Valéria Alencar
Alexandre Frota
Arlete Montenegro
Gerson Brenner
e grande elenco.
Exibição
Emissora de
televisão original
Rede Record
Transmissão original 10 de março de 1997– 21 de março de 1997
Nº de episódios 10

Olho da Terra é uma minissérie brasileira produzida pela Rede Record, exibida entre 10 de março de 1997 e 21 de março de 1997.

Teve autoria de Ronaldo Ciambroni e direção-geral de Atílio Riccó, e contou com Valéria Alencar, Alexandre Frota, Gerson Brenner e Arlete Montenegro nos papeis principais.

História[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

A trama se passa na fictícia "Fazenda Lagoinha Bonita" onde Sara, uma mulher vingativa, recorre a macumbas para enfeitiçar Branca e tirá-la do caminho de seu filho, Marcelo.

Sara usou de magia negra contra Branca pois ela é filha bastarda de seu marido, o rico fazendeiro Joel, com Rosa, que, há muitos anos, era amante dele. Quando soube da traição, Sara mandou seus capangas matarem Rosa.

As maldades de Sara contra Branca seguem até a chegada do evangélico Nuno.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Produção[editar | editar código-fonte]

A obra era centrada num tema polêmico: a feitiçaria. A cantora Sula Miranda fez uma participação especial no último capítulo de Olho da Terra, no show onde Sara é presa.

A novela foi reprisada em 2000, durante a programação evangélica das madrugadas da Record e da Rede Mulher.

Elenco[editar | editar código-fonte]

A atriz Arlete Montenegro interpretou a vilã Sara.
Valéria Alencar como Branca
Alexandre Frota como Marcelo
Gerson Brenner como Nuno
Arlete Montenegro como Sara
ator personagem
Roberto Pirillo Joel
Aldine Müller Rosa
Paulo de Almeida Galinzé
Márcia Real Aparecida
Suzy Camacho Mariana
Solange Couto Ceição
César Pezzuoli Alberto
Marcelo Médici Marco
Camila Giovanni Carina
Adalton Santos
Adriano Ferreira
Carlos Meceni
Cláudio Zorzato
Cleide Queiroz
Débora Figueiredo
Jorge Marcondes
José do Pinho
Magaly Bragália
Márcio Cabral
Mariana Coelho
Orlando Vieira
Patrícia Rinaldi
Rosana Penna
Sérgio Carvalho
Walmir Santana
William Reis
Wilma de Aguiar
Zéluiz Pinho
Zilda Mayo
e Sula Miranda como ela mesma

Ligações externas[editar | editar código-fonte]