Olho por Olho (telenovela)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde julho de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Olho por Olho foi uma telenovela brasileira produzida e exibida pela Rede Manchete entre 22 de agosto de 1988 e 6 de janeiro de 1989, às 21h30. Substituiu a telenovela Carmem e foi substituída por Kananga do Japão.

Baseada no argumento de Wilson Aguiar Filho, foi escrita por José Louzeiro e Geraldo Carneiro, com colaboração de Leila Miccolis, e dirigida por Marcos Schechtman, Tânia Lamarca, Ary Coslov e Atílio Riccó.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Após o assassinato de Horácio Falcão, sua esposa Ana Paula e os quatro filhos, Justo, Máximo, Caio e Júlio, juram vingança. Após acabar com dois dos matadores do pai, a família muda-se para o Rio de Janeiro em busca de proteção e para localizar o terceiro homem que participou do assassinato.

Na "Cidade Maravilhosa", Justo envolve-se com o capitão Flores, ligado à repressão da época do regime militar, e Antônio Barjal, um empresário mafioso. Enquanto isso, Máximo se alia a Rico, passando a freqüentar o sub-mundo da prostituição masculina. É nesse cenário que está Paula, prostituta por quem Máximo se apaixona. Já Caio envolve-se com Débora, uma mulher mais velha e cleptomaníaca, que se revela a verdadeira assassina de Horácio Falcão.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Elenco de Apoio[editar | editar código-fonte]

  • Procópio Mariano - Mirinha
  • Lourdes Moraes - Fátima
  • Richard Righetti - Teixeira
  • Eduardo Guerra - Cícero
  • Marcus Vinícius - Funcionário da OAB
  • Breno Bonim - Padre Pedro
  • Bruno Rocha - Rabo-de-Galo
  • Darcy de Souza - Carolina
  • Leonardo José - Dr. Valdir
  • Rosimar de Melo - Lola
  • Ricardo Fróes - Capanga
  • Claudioney Penido - Jacaré
  • Maria Silvia - Maria
  • Valéria Seabra - Safo
  • Gilberto Moura - Black-Out
  • Kleber Drable - Padre
  • Marcos Moura - Eko

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • Depois da boa repercussão de Corpo santo, a Manchete investia no mesmo tema; para isso, contava mais uma vez com a cancha de José Louzeiro em roteiros como esse, com clima policial e marginalidade carioca.
  • Os atores Alexandre Frota e Mário Gomes apareceram nus em algumas das cenas da novela.