Onda Choc

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Onda Choc
Informação geral
Origem Portuguesa
País Portugal Flag of Portugal.svg
Gênero(s) Música infanto-juvenil
Período em atividade 1987 - 1999
(Reactivados em 2006)
Gravadora(s) Sony Music
Farol Música

Onda Choc foi um grupo musical infanto-juvenil criado pela cantora Ana Faria em finais de 1986. O grupo era constituído por rapazes e raparigas entre os 10 e os 15 anos de idade, liderado pelo cantor Miguel Guimarães Da Cruz. Alguns deles conseguiram continuar a sua carreira artística como foi o caso do cantor Pedro Camilo (que pertenceu ao grupo na década de 80) e da cantora Micaela (que pertenceu ao grupo na década de 90), e o caso também de Marisa Pinto (ex-vocalista dos Donna Maria).[1]

No seu repertório, o grupo continha canções adaptadas de êxitos internacionais e relatavam os problemas diários dos jovens, como casos amorosos entre outras experiências. Ao longo da sua carreira, venderam mais de um milhão de discos.[2]

Em 2006, os Onda Choc regressaram com novo logotipo e nova editora após uma paragem de sete anos.

Discografia[3] [editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Jornal I. Onda Choc. Há 25 anos eles eram os reis da miudagem. Página visitada em 9 d dezembro de 2013.
  2. SIC Notícias. Onda Choc - Perdidos e Achados. Página visitada em 9 de dezembro de 2013.
  3. Discogs. Discografia Onda Choc.