Ong Bak

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde dezembro de 2009)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Emblem-scales.svg
A neutralidade desse artigo (ou seção) foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão. (desde dezembro de 2009)
Justifique o uso dessa marca na página de discussão e tente torná-lo mais imparcial.
Ong Bak: Muay Thai Warrior
Ong Bak - O Guerreiro Sagrado (PT)
Ong Bak - Guerreiro Sagrado (BR)
 Tailândia
2003 • cor • 105 min 
Direção Prachya Pinkaew
Produção Somsak
Techaratanaprasert
Prachya Pinkaew
Roteiro Prachya Pinkaew
Panna Rittikrai
Suphachai Sittiaumponpan
Elenco Tony Jaa
Petchtai Wongkamlao
Pumwaree Yodkamol
Suchao Pongwilai
Gênero Ação, Luta
Idioma Tailândes
Inglês
Música Atomix Clubbing Studio
Cinematografia Nattawut Kittikhun
Edição Thanat Sunsin
Thanapat Taweesuk
Estúdio Sahamongkolfilm Co. Ltd.
Distribuição Sahamongkol Film International
Lançamento 21 de janeiro de 2003
Cronologia
Último
Último
Ong Bak 2
Próximo
Próximo
Página no IMDb (em inglês)

Ong-Bak: Muay Thai Warrior é um filme de ação tailandês lançado em 2003, dirigido por Prachya Pinkaew e estrelado por Tony Jaa. Teve uma sequência, Ong Bak 2, lançada em 2008.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

A cabeça do sagrado Buda ("Ong-Bak") é roubada em uma vila pobre onde sua população só conhece a miséria. Esse símbolo é o representante de uma cerimônia praticada pelos moradores do povoado, os quais acreditam que através dela a má sorte é extinta. O jovem Ting (Tony Jaa) se oferece para recuperar a relíquia em tempo de se realizar a cerimônia.

Ting é um jovem que segue os dogmas de seu povo, por isso sente-se muito preparado para tal função, pois o local onde ela fica é o templo dos monges que criaram o menino, lhe ensinando o Muay Boran. Mesmo sendo contra usar sua arte marcial em um combate, o jovem é forçado a fazer o contrário para evitar o flagelo de seu povo.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Tony Jaa - Ting
  • Petchtai Wongkamlao - George/Hanlee
  • Pumwaree Yodkamol - Muay Lek
  • Suchao Pongwilai - Komtuan
  • Wannakit Sirioput - Don
  • Chumphorn Thepphithak - Uncle Mao
  • Cheathavuth Watcharakhun - Peng
  • Chatthapong
  • Pantanaunkul - saming

Notas[editar | editar código-fonte]

  • Tony Jaa foi treinado extensivamente na antiga arte marcial Muay Boran (o predecessor do Muay Thai) durante quatro anos, para se preparar para fazer o filme.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]