Onisciente Coletivo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Onisciente Coletivo
Álbum de estúdio de Ratos de Porão
Lançamento 2002
Gênero(s) Crossover thrash
Hardcore punk
Formato(s) CD, LP
Gravadora(s) Century Media (BRA)
Alternative Tentacles (EUA)
Produção Alex Newport
Cronologia de Ratos de Porão
Último
Último
Sistemados pelo Crucifa
(2001)
Homem Inimigo do Homem
(2006)
Próximo
Próximo

Onisciente Coletivo é o 14º disco da banda paulistana Ratos de Porão e foi lançado em 2002.

O disco foi produzido por Alex Newport (da banda inglesa Fudge Tunnel), que já trabalhou com a banda no álbum Just Another Crime... in Massacreland anteriormente. A faixa "Rabia Social" foi escrita por João Gordo e sua esposa, Viviane Torrico. Foi o primeiro e último disco de estúdio que o baixista Christian Wilson "Fralda" (ex-Forgotten Boys, Lobotomia) tocou na banda. A arte do disco foi feita pelo artista Carlos Aguilar.

Faixas[editar | editar código-fonte]

N.º Título Duração
1. "Terror Declarado"   2:45
2. "Engrenagem"   3:17
3. "Playbaloser"   2:15
4. "Próximo Alvo"   2:48
5. "O Sistema Me Engoliu"   1:37
6. "Medo"   1:56
7. "Fragments of Conquest"   3:16
8. "Vai Ficar Preto"   1:08
9. "Conspiração Subliminar"   2:22
10. "Rabia Social"   2:18
11. "Necrochorume"   2:18
12. "Problemão"   3:02
13. "Cybergenocídio"   4:17
14. "Onisciente Coletivo"   2:53
Duração total:
36:12

Participações[editar | editar código-fonte]



Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Ratos de Porão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.