Only a Northern Song

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Only a Northern Song"
Canção de The Beatles
do álbum Yellow Submarine
Lançamento 13 de Janeiro (EUA) e 17 de Janeiro (RU) de 1969
Gravação 13, 14 de Fevereiro, 20 de Abril de 1967, Estúdios Abbey Road
Gênero(s) Rock Psicodélico
Duração 3:25
Gravadora(s) Apple Records
Composição George Harrison
Produção George Martin

Only a Northern Song (algo como 'Apenas Uma Canção do Norte') é uma canção dos Beatles que aparece no filme e no álbum Yellow Submarine de 1969. Foi escrita e cantada por George Harrison.

A base da faixa foi gravada em 13 de Fevereiro de 1967, com overdubs adicionados no dia 14 do mesmo mês e no dia 20 de Abril. Originalmente, a canção iria aparecer no álbum Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band. De acordo com o engenheiro de som dos Beatles, Geoff Emerick, a música foi deixada de fora do álbum porque os membros da banda acharam que ela não combinava com o resto das músicas. Tendo uma letra que faz referência ao próprio escritor, uma forma musical inconvencial e instrumentação pouco usual, incluindo trompetes distorcidos, um órgão com reverb (reverberação), sinos, e um glockenspiel, esta é uma das músicas mais psicodélicas dos Beatles.

Ao longo da música, Paul McCartney toca trompete, assim como os outros membros tocam instrumentos de percussão tais como glockenspiel, sinos orquestrais e tímpano. Um mellotron também pode ser ouvido em algumas partes da música. Uma versão editada e ligeiramente acelerada da canção sem os overdubs do dia 20 de Abril (apenas órgão, bateria, baixo e vocal) foi lançada no álbum Anthology 2 em 1996, com uma tomada vocal diferente contendo alguma variação na letra. Como a música foi feita com duas tomadas separadas tocando em sincronia, a mixagem original da música, monofônica, só foi lançada em 1999, quando uma versão remixada da faixa foi lançada no álbum Yellow Submarine Songtrack.

A letra mostra o descrédito de Harrison para com a própria música, concluindo cada verso com a frase "It's only a Northern song" ('É apenas uma canção do Norte'), que Harrison explicou se referir tanto à cidade natal dos Beatles, Liverpool, que fica no noroeste da Inglaterra, como à companhia de publicações Northern Songs (George ainda não tinha formado sua própria companhia de publicação; 'Northern Songs' era a companhia de publicação de Lennon/McCartney). A música às vezes é interpretada como uma zombaria à Lennon/McCartney, fazendo referência às letras e músicas psicodélicas que os dois faziam na época, e como uma reação às atitudes de menosprezo de Lennon e McCartney para com as composições de Harrison, com ele cantando indiferentemente "It doesn't really matter what chords I play/What words I say or time of day it is/As it's only a Northern song" ('Não importa realmente que acordes eu toco/Que palavras eu digo ou que hora do dia é/Já que é apenas uma canção do norte').

Ficha Técnica[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]