OpenJDK

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
OpenJDK 8
Desenvolvedor Oracle Corporation
Versão em teste OpenJDK 8 Build b77 (14 de fevereiro de 2013; há 83 semanas e 5 dias)
Sistema operacional Multiplataforma
Gênero(s) Máquina virtual Java e Biblioteca
Licença GPL+linking exception
Página oficial http://openjdk.java.net/projects/jdk8/

OpenJDK é um projecto da Sun Microsystems para a criação de um Java Development Kit baseado totalmente em software livre e de código aberto.

História[editar | editar código-fonte]

Promessa da Sun e lançamento inicial[editar | editar código-fonte]

A Sun anunciou no JavaOne 2006 que o Java se tornaria um software livre de código aberto,[1] [2] e em 25 de outubro 2006, na conferência Oracle OpenWorld, Jonathan Schwartz disse que a empresa estava pronta para anunciar a abertura do núcleo da plataforma Java dentro de 30 a 60 dias.

A Sun liberou a máquina virtual HotSpot e o compilador como software livre sob a GNU General Public License em 13 de novembro 2006, com uma promessa de que o resto do JDK (que inclui o JRE) seria colocada sob a GPL em Março de 2007 ( "salvo para alguns componentes que a Sun não tem o direito de publicar em forma fonte sob a GPL ").[3] De acordo com Richard Stallman, isto significaria o fim da armadilha do Java.[4] Mark Shuttleworth chamou o anúncio impresso inicial, "Um verdadeiro marco para a comunidade de software livre".[5]

O lançamento da biblioteca de classes[editar | editar código-fonte]

Seguindo a sua promessa de liberar uma JDK plenamente compilável baseada quase totalmente em software livre e de código aberto, no primeiro semestre de 2007 [1], a Sun lançou o código fonte completo da biblioteca de classe sob a GPL em 8 de maio de 2007, com exceção de algumas partes limitadas que foram licenciadas pela Sun de terceiros que não querem seu código liberado sob uma licença de software livre e de código-fonte aberto.[6] Incluído na lista de componentes restritos estavam vários componentes importantes do sistema de interface gráfica com o usuário (GUI) do Java. A Sun declarou que seu objetivo era o de substituir os componentes que continuavam a ser proprietário e closed source com implementações alternativas e fazer a biblioteca de classes totalmente aberta.[7]

Comunidade e as melhorias[editar | editar código-fonte]

Em 5 de novembro de 2007, a Red Hat anunciou um acordo com a Sun Microsystems, assinando o contrato da Sun para amplo contribuinte (que inclui participação em todos os projetos de software livre e de código aberto liderados pela Sun por engenheiros da Red Hat) e do contrato de licença para a comunidade TCK do OpenJDK da Sun( Isso da à empresa acesso a suíte de teste que determina se um projeto com base em openJDK está em conformidade com as especificações Java SE 6).[8]

Também em Novembro de 2007, foi criado um grupo de portadores (aqui um "portadores" é um anglicismo para pessoas que portam) para OpenJDK[9] para ajudar nos esforços de portar a OpenJDK para arquiteturas de CPU e sistemas operacionais diferentes. O projeto de portabilidade para BSD [2], liderado por Kurt Miller e Greg Lewis e o projeto de portabilidade do Mac OS X (com base no BSD) SoyLatte liderada por Landon Fuller [3] manifestaram interesse em aderir ao OpenJDK, através do grupo de portadores e em janeiro 2008 fazem parte da lista de discussões por correio eletrônico. Outro projeto com formalização pendente do grupo de portadores é o Haiku Java Team, liderada por Bryan Varner [10] .

Em dezembro de 2007, a Sun moveu o controle de revisão do OpenJDK de TeamWare para o Mercurial, como parte do processo de liberação para as comunidades de código aberto.[11] [12]

O OpenJDK tem um rigoroso processo de aceitar contribuições de código: cada contribuição proposta deve ser analisada por dois engenheiros da Sun e ter o teste automático demonstrando que tal funcionalidade foi atingida. Isso garante a persistência da alta qualidade do código, mas também significa que mesmo uma correção trivial pode levar várias semanas para ser aprovada.[13] No entanto, embora inicialmente as correções propostas pela comunidade fossem submetidas pela Sun no codebase, setembro de 2008 viu os primeiros patches (significativos) diretamente submetidos por alguém de fora ou mesmo um ex empregado da Sun[14] .

Inclusão em distribuições Linux[editar | editar código-fonte]

Em Maio de 2008, o Fedora 9 [15] [16] e Ubuntu 8.04[17] e as distribuições foram liberando o OpenJDK, baseado totalmente em software livre e de código aberto[18] .

OpenJDK não passar em todos os testes da compatibilidade do Java SE 6 e JCK, no momento, porque o restante foi comprometido. Eles tinham entretanto sido reduzida para menos de 1% do código fonte[19] e só foram necessários para construir com OpenJDK [20] , nem publicá-lo. Além disso, OpenJDK pode executar aplicações complexas, tais como NetBeans, Eclipse, Glassfish, ou JBoss.

Em junho de 2008, foi anunciado que IcedTea6 (como a versão do OpenJDK empacotado no Fedora 9) passou a Technology Compatibility Kit nos testes e pode afirmar-se uma implementação totalmente compatível Java 6 [21] .

Em 12 de julho de 2008, Debian aceite OpenJDK-6 no unstable [22] [23] , e está agora no stable[24] .

Desde agosto de 2008, OpenJDK 7 roda em Mac OS X e outras distribuições BSD[25] .

Estado[editar | editar código-fonte]

Versões com suporte a JDK[editar | editar código-fonte]

OpenJDK foi inicialmente baseado apenas no JDK versão 7.0 da plataforma Java.[26]

Desde 15 de fevereiro de 2008, existem dois projectos distintos OpenJDK:

  • O principal OpenJDK projeto, que é baseado na versão 7.0 do JDK e na plataforma Java,
  • O JDK 6 projecto, que prevê uma versão do Open-source Java 6.0 [27] .

Compilador e Máquina Virtual[editar | editar código-fonte]

Compilador Java da Sun, javac, e HotSpot a (máquina virtual), estão agora sob uma licença GPL.

Classe biblioteca[editar | editar código-fonte]

Em Maio de 2008, a única parte da biblioteca de classe que são proprietários e de código-fonte fechado (4% a partir de Maio de 2007 para a OpenJDK 7 [28] ,e menos de 1% a partir de Maio de 2008 e OpenJDK 6[15] [19] ) e [29] [30] o SNMP implementado[30] .

Desde o primeiro lançamento Maio de 2007, Sun Microsystems, com a ajuda da comunidade, foi lançado como livre e software de fonte aberta ou substituído por software livre e de código-fonte aberto alternativas quase todos os sobrecarregados código:

  • Todo o código do motor de áudio, incluindo o software sintetizador, foi lançado como Open-source [30] [31] . O software de código fechado sintetizador foi substituído por um novo sintetizador desenvolvido especificamente para o OpenJDK chamado Gervill [32] ,
  • Toda criptografia de classes utilizadas na classe biblioteca ter sido lançado como Open-source [33] ,
  • O código de escalas é rasteriza fontes, foi substituído pelo FreeType[34] [35] [36]
  • O nativo gerenciamento de cores sistema foi substituído por LittleCMS [35] . Existe uma camada acopláveis na JDK, a fim de que a versão comercial poderá utilizar o antigo sistema de gerenciamento de cores e OpenJDK podem usar LittleCMS.
  • O anti-aliasing gráficos rasteriza código foi substituído pelo Open-sourced Pisces renderizador utilizado no projecto phoneME[35] [37] [38] . Este código é completamente funcional, mas ainda precisa de alguns aperfeiçoamentos de desempenho [39] ,
  • O JavaScript plugin foi aberto (o Rhino JavaScript engine em si foi aberto) [40] .

IcedTea[editar | editar código-fonte]

Devido à sobrecarregada componentes da classe de biblioteca, não foi possível construir OpenJDK apenas com componentes de software livre. A fim de ser capaz de fazer isso antes de toda a classe de biblioteca é feita livremente, e ser capaz de agrupar OpenJDK no Fedora e outras distribuições Linux, um projeto chamado IcedTea foi iniciada pela Red Hat. É basicamente um OpenJDK/GNU Classpath híbrido que pode ser usado para bootstrap OpenJDK usando somente software livre.[41] [42]

IcedTea é um software desenvolvimento e integração projecto lançado pela Red Hat, em Junho de 2007.[43] O objetivo é fazer o que OpenJDK software da Sun Microsystems lançado como software livre em 2007 utilizáveis sem exigir qualquer outro software que não é software livre. Para Red Hat, isto tornaria possível adicionar OpenJDK para o Fedora, bem como outras distribuições Linux.

Em 5 de novembro de 2007, Red Hat tenha assinado tanto o Sun Contributor Agreement e do OpenJDK comunitária TCK Licença[44] . Uma das primeiras vantagens deste acordo é o alinhamento com as mais rigorosas projecto do IcedTea, que reúne Fedora e JBoss tecnologias em um ambiente Linux, IcedTea fornece alternativas de software livre para as poucas seções proprietárias restantes no projeto OpenJDK.

Fedora 9 com OpenJDK 6 na vez do IcedTea[15] .

IcedTea do Ubuntu foi empacotado para o desenvolvimento[45] .

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Schwartz, Jonathan (23 de Maio de 2006). Busy Week... Sun Microsystems. Página visitada em 2007-05-09.
  2. Sun Opens Java (Theora) Sun Microsystems.
  3. Sun Opens Java Sun Microsystems (13 de Novembro de 2006). Página visitada em 2007-05-09.
  4. Stallman, Richard. Free But Shackled - The Java Trap. Página visitada em 2007-12-04.
  5. Sun 'releases' Java to the world BBC News (13 de Novembro de 2006). Página visitada em 2007-05-09.
  6. Open JDK is here! Sun Microsystems (8 de Maio de 2007). Página visitada em 2007-05-09.
  7. Since there's some encumbered code in the JDK, Sun stated that it will continue to use that code in commercial releases until it's replaced by fully-functional free and open-source alternatives
  8. Broad contributor agreement and TCK License pave way for a fully compatible, free and open source Java Development Kit for Red Hat Enterprise Linux
  9. Porters Group
  10. New java for haiku team formed
  11. James Gosling on Open Sourcing Sun's Java Platform Implementations, Part 1 (Outubro 2006).
  12. O'Hair, Kelly (2007-12-12). Mercurial OpenJDK Questions.
  13. Tripp, Andy (2007-07-16). Classpath hackers frustrated with slow OpenJDK process. Página visitada em 2008-04-20.
  14. Kennke, Roman (2008-09-29). A small step for me. Página visitada em 2008-10-19.
  15. a b c Wade, Karsten (2008-03-13). OpenJDK in Fedora 9! redhatmagazine.com. Página visitada em 2008-04-05. "'Thomas Fitzsimmons updated the Fedora 9 release notes source pages to reflect that Fedora 9 would ship with OpenJDK 6 instead of the IcedTea implementation of OpenJDK 7. Fedora 9 (Sulphur) is due to release in May 2008.'"
  16. Open Source Java Technology Debuts In GNU/Linux Distributions Sun Microsystems. Página visitada em 2008-05-02.
  17. openjdk-6 in Ubuntu. Página visitada em 2008-04-19.
  18. Reinhold, Mark (2008-04-24). There’s not a moment to lose!. Página visitada em 2008-04-19.
  19. a b Angel, Lillian (2008-03-13). OpenJDK to replace IcedTea in Fedora 9. Página visitada em 2008-04-05.
  20. OpenJDK 6 Source Release. Página visitada em 2008-06-01.
  21. Sharples, Rich (2008-06-19). Java is finally Free and Open.
  22. Topic, Dalibor (2008-07-14). QotD: Debian Overview of openjdk-6 source package. Página visitada em 2008-07-15.
  23. Overview of openjdk-6 source package debian.org. Página visitada em 2008-07-15.
  24. Package: openjdk-6-jdk debian.org (2009-02-14). Página visitada em 2009-02-16.
  25. Fuller, Lqndon (2008-08-19). SoyLatte, Meet OpenJDK: OpenJDK 7 for Mac OS X. Página visitada em 2008-08-22.
  26. Didn't you promise to open source both JDK 6 and JDK 7 last November? What happened to JDK 6? Sun Microsystems. Página visitada em 2007-10-14. "'Sun did make that promise, and we plan to keep it. But in the six months since the November 2006 announcement, it has become clear that doing this is far more complex than just changing the license and publishing the source code.'"
  27. Darcy, John (2008-02-11). The code is coming! The code is coming!. Página visitada em 2008-02-16. "'At Sun we're making final preparations for the first source release for the OpenJDK 6 project. We plan to release a tarball of the source, along with matching binary plugs, by February 15, 2008.'"
  28. Fitzsimmons, Thomas (2007-05-18). Plans for OpenJDK. Página visitada em 2007-05-22.
  29. Herron, David (2007-10-04). Plans for OpenJDK. Página visitada em 2007-10-09.
  30. a b c OpenJDK 6 b10 source posted (2008-05-30). Página visitada em 2008-06-01.
  31. audio-engine project page
  32. Gervill - Software Synthesizer. Página visitada em 2008-06-01.
  33. Crypto has been added to OpenJDK (2007-09-27). Página visitada em 2007-10-07.
  34. font-scaler projectpage
  35. a b c Java2D project page
  36. Freetype font rasteriser (2007-08-07). Página visitada em 2007-11-24.
  37. phoneme.dev.java.net/
  38. graphics-rasterizer project page
  39. Graham, Jim (2007-10-03). Open Source rasterizer Sun Microsystems. Página visitada em 2007-05-09.
  40. Javascript is encumbered and there is no javascript plugin support. IcedTea (2008-03-11). Página visitada em 2008-06-01. "'Changing Summary. JavaScript is no longer encumbered, but we still need liveconnect support.'"
  41. Andrew, Haley (2007-06-07). Experimental Build Repository at icedtea.classpath.org. Página visitada em 2007-06-09.
  42. Mark, Wielaard (2007-06-07). Experimental Build Repository at icedtea.classpath.org. Página visitada em 2007-06-09.
  43. Fitzsimmons, Thomas (2007-06-08). Credits. Página visitada em 2007-06-08.
  44. Red Hat and Sun Collaborate to Advance Open Source Java Technology Red Hat (2007-11-05). Página visitada em 2007-11-06.
  45. icedtea-java7 in Ubuntu. Página visitada em 2008-04-19.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]