Operação Ichi-Go

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Operação Ichi-Go
Ichigo plan.jpg
O plano japonês para a operação.
Data 17 de Abril - 11 de Dezembro de 1944[1]
Local Henan, Hunan e Guangxi
Desfecho Vitória tática decisiva para os japoneses
Combatentes
República Popular da ChinaExército Revolucionário Chinês
Estados UnidosForça Aérea dos EUA
JapãoExército Imperial Japonês
Comandantes
República Popular da China Tang Enbo
República Popular da China Xue Yue
República Popular da China Bai Chongxi
Japão Shunroku Hata
Japão Yasuji Okamura
Japão Isamu Yokoyama
Forças
390.000 homens 510.000 homens
15.500 veículos
1.500 peças de artilharia
800 tanques
70.000 cavalos


A Operação Ichi-Go (一号作戦 Ichi-gō Sakusen, lit. "Operação Número Um") foi uma campanha de uma série de grandes batalhas entre as forças do Exército Imperial Japonês e o Exército Revolucionário da República da China, ocorrida a partir de abril a dezembro de 1944. Consistiram em três separadas batalhas nas províncias da China de Henan, Hunan e Guangxi. Essas batalhas foram a Operação Kogo do Japão ou Battle of Central Henan (batalha da Henan central), Operação Togo 1 ou Battle of Changheng (batalha de Changheng), e Operação Togo 2 e Togo 3, ou Battle of Guilin-Liuzhou (batalha do Guilin-Liuzhou), respectivamente. Os dois objetivos primários de Ichi-go foram abrir uma rota por terra à Indochina francesa, e capturar bases aéreas no sudeste da China, onde bombardeadores americanos estavam atacando terras japonesas e embarcações[2] . Em japonês a operação também se chamava Tairiku Datsū Sakusen (大陸打通作戦), ou "Continent Cross-Through Operation" (Operação de cruzar o continente) , enquanto os chineses a conhecem como a Battle of Henan-Hunan-Guangxi (batalhas de Henan-Hunan-Guangxi).

Curso da campanha[editar | editar código-fonte]

Houve duas fases na operação. Na primeira, garantiram o Pinghan Railway entre Beijing e Wuhan; na segunda, eles eliminaram a força aérea americana que estava sediada na provincia de Hunan, e alcançaram a cidade de Liuzhou, perto da fronteira com a Indochina de posse japonesa. Dezessete divisões, incluindo 510 000 homens, 15 500 veículos, 1500 peças de artilharia, 800 tanques e 70 000 cavalos participaram da operação.

Os Japoneses incluíram unidades da Kwantung Army e equipamentos de Manchukuo, unidades mecanizadas, unidades do norte da China e unidade do Japão para participar na campanha. Foi a maior campanha em terra organizada por japoneses durante toda Segunda Guerra Sino-Japonesa.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Operação Ichi-Go

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Davison, John The Pacific War: Day By Day, pg. 37, 106
  2. The U.S. Army Campaigns of World War II: China Defensive, pg. 21